Cristiano Ronaldo joga o favoritismo para os franceses

Craque português também comentou que fica feliz com os recordes individuais, porém o foco é para o título da Eurocopa com Portugal

Cristiano Ronaldo se prepara para encarar sua segunda final de Eurocopa, agora porém em uma situação oposta a que viveu em 2004, quando defendia o time dono da casa. Em 2016 esse papel cabe ao rival, a França, e, portanto segundo o jogador, o favoritismo é todo do adversário.

“Eles são na minha opinião os favoritos, porque eles estão jogando em casa e isso é uma grande vantagem”, disse ele em entrevista à UEFA.

Mesmo assim, o atacante do Real Madrid enfrenta o duelo com muito otimismo e entende que o retrospecto de seu time é um favor que precisa ser levado em conta.

“O país inteiro irá apoiá-los, mas esta é uma final e vamos ver o que acontece. Estaremos preparados e não será fácil nos bater. Desde o início do torneio, ninguém ganhou e espero que a França não consiga. “


(Foto: Getty Images)

Ronaldo está ciente da importância do encontro para Portugal. Em 2004 era o favorito contra a Grécia mas não foi capaz de ter sucesso em Lisboa. Nesta edição, apesar de reconhecer a força da França, ele espera vencer o seu primeiro título com a Seleção.

“Isso é algo que eu sempre sonhei e sei que seria uma grande conquista ganhar algo com Portugal. Meus dedos estão cruzados pois acho que meus colegas acreditam, todos acreditam  em Portugal e comunidade Portuguesa vivendo na França também “, disse Ronaldo.

Diferente do que muitos costumam apontar, Cristiano comentou sobre as marcas individuais, porém fez questão de ressaltar que sua prioridade é o título. 

“Esse tipo de coisa acontece. Eu não quero ficar obcecado com recordes. Eles são bons, mas nada mais. Sinto-me bem, jovem e forte. A única coisa que me preocupa é manter esse sucesso”, concluiu.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook