Últimas

Cuca critica substitutos, cogita mudanças e quer reavaliar elenco

Plantel do Palmeiras costuma ser elogiado, mas dessa vez reservas não tinham as mesmas características, sentiram falta de ritmo de jogo e o pouco entrosamento


GOAL Por Allan Brito 


Como o Palmeiras costuma fazer muitas contratações e tem um elenco grande, com 36 jogadores, já virou comum dizer que Cuca conta com um elenco bom para a disputa do Campeonato Brasileiro. Porém, o empate contra o Santos, nesta terça-feira (12), provou que isso não é 100% verdade. Ele mesmo admitiu que precisa fazer mudanças em alguns setores por causa de deficiências no elenco e cogitou a necessidade de mais reforços.

O Palmeiras enfrentou o Santos sem Gabriel Jesus, Róger Guedes e ainda perdeu Moisés com apenas 6min de jogo. De acordo com ele, isso explica por que o time jogou bem diferente: “Nós nos acostumamos a jogar de uma forma, mas hoje não tinha peças para jogar do jeito que o torcedor está acostumado. Em alguns momentos o torcedor até pressionava para fazer a saída de bola em velocidade, mas não tinha essa característica. Perdemos a sintonia fina de jogar na base da velocidade. E com outro tipo de jogo não conseguimos ser felizes”, afirmou 

O técnico até explicou individualmente porque os substitutos não foram bem: “o Moisés estava jogando de segundo volante no lado esquerdo para fazer a cobertura do lateral esquerdo do Santos, que ataca bastante. Tem que ter essa cobertura, e o Cleiton Xavier não ia fazer isso. Então havíamos treinado com o Arouca, que entrou na partida, mas é natural que sinta o ritmo de jogo. Assim como o Erik sentiu uma segunda partida seguida”.


Zeca era preocupação de Cuca (Foto: Friedemann Vogel/Getty Images)

Sobre Moisés, que era dúvida por causa de lesão e saiu machucado logo no começo do jogo, Cuca disse que teve o aval do departamento médico e do jogador. Mas o meia voltou a sentir a mesma dor e até pediu desculpas pelo ocorrido. Questionado se falta um reserva ideal para Moisés, Cuca admitiu o problema no elenco e falou sobre a necessidade de contratações. 

“Temos muitos jogadores em algumas características e necessidades em outras. Então, como sempre falo, se puder ficar mais forte, a chance de ganhar é melhor. Estou muito contente com meu elenco, mas se puder dar uma fortalecida antes da janela fechar, é bom”.

Apesar de tantos problemas, Cuca avaliou que o resultado não foi tão ruim: “temos que entender que às vezes a qualidade plástica não vai aparecer, como hoje. Mas apareceu a luta, a entrega e ganhamos um ponto”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook