Últimas

Dirigente argentino diz que seleção de futebol pode não vir à Rio-16

Vivendo uma crise em seu futebol, a Argentina poder ficar sem time na Olimpada do Rio de Janeiro. A hiptese foi levantada por Gerardo Werthein, presidente do COA (Comit Olmpico Argentino).

“De 1 a 10, hoje tem 50% de chances da Argentina no apresentar equipe de futebol masculino nos Jogos Olmpicos”, falou Werthein em entrevista rdio argentina Mitre.

” um pouco do que acontece com a AFA [Associao de Futebol Argentino]. Faz 20 meses que no fala conosco”, completou.

O dirigente do COA revelou que teve de conversar com os clubes para que os jogadores fossem liberados.

“A AFA no se mexe, no toma decises, uma AFA muda. O futebol uma representao muito importante para o pas. E hoje no se poder formar um elenco para competir no Rio uma vergonha”, completou.

A expectativa era que Gerardo Martino, tcnico da seleo, comeasse a treinar os jogadores na segunda-feira (4). Mas, o planejamento foi adiado em uma semana.

A crise da AFA ficou ainda maior depois da final da Copa Amrica. O presidente da entidade, Luis Segura, renunciou ao cargo recentemente.

Victor R. Caivano/Associated Press
Luis Segura, ex-presidente da Associa
Luis Segura, ex-presidente da Associao Argentina de Futebol

Segundo o jornal argentino “Clarn”, as equipes locais no esto dispostas a ceder os seus jogadores. Dos 35 jogadores escolhidos pelo tcnico Gerardo Martino para os Jogos, apenas h uma dzia confirmada.

CRISE

Aps perder para o Chile nos pnaltis e deixar escapar pela terceira vez seguida um ttulo em final, o astro Lionel Messi disse que no joga mais pela seleo argentina.

A deciso do camisa teve forte efeito. O colega Agero afirmou que ele no dever ter essa atitude sozinho. De acordo com a imprensa argentina, Mascherano e Higuan tambm podem anunciar o fim da carreira na seleo.

As declaraes foram interpretadas de duas formas: como a desistncia de uma gerao gestada desde as categorias de base com muita expectativa (bicampees mundiais e olmpicos); e como uma forma de exercer presso nos dirigentes da AFA.

A AFA vive caos institucional, sob processo de interveno da Fifa, que identificou problemas nas contas da sua filiada em contratos fechados com o governo local. O governo de Mauricio Macri tambm afirma ter encontrado irregularidades nas relaes entre a entidade e governo anterior, de Cristina Kirchner.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook