Últimas

É muita fofura! Quadrigêmeas idênticas posam para ensaio

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

Dar à luz a quadrigêmeos idênticos é algo bastante raro, mas o fato se tornou realidade para o casal Bethani e Tim Webb, do Canadá. No dia 6 de maio de 2016, eles desafiaram as probabilidades e se tornaram pais de quatro garotinhas; Abigail, Mckayla, Grace e Emily.

Dois meses depois, o casal decidiu fazer um ensaio com as pequenas que atingiu o grau máximo de fofura.

As imagens foram feitas por Cassandra Jones, da Noelle Mirabella Photography, e mostram Abigail, Mckayla, Grace, e Emily dormindo entre flores e usando orelhinhas de coelho.

“As garotas foram incríveis. Elas não choraram nenhuma vez. Na verdade, elas nem abriram os olhos durante as fotos. Pareciam anjinhos dormindo”, disse a fotógrafa ao jornal local.

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

As quadrigêmeas Abigail, Mckayla, Grace e Emily- Foto: Cassandra Jones

Bethani e Tim Webb - Foto: Cassandra Jones

Bethani e Tim Webb – Foto: Cassandra Jones


Fonte: Cenapop.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook