Últimas

Forças Armadas terão 21 mil militares no Rio durante a Olimpíada

As Foras Armadas tero um reforo de 3.000 militares na cidade do Rio durante a Olimpada. Inicialmente, o planejamento previa a utilizao de 18 mil homens de Exrcito, Marinha e Aeronutica. Agora sero 21.845.

Todo o efetivo estar na cidade a partir do dia 24 de julho. Outros 20 mil militares estaro espalhados em cinco capitais que sediaro os jogos de futebol do evento.

“No faltar dispositivo de Defesa e Segurana para o evento. E se for necessrio mais efetivo ser disponibilizado”, disse o ministro da Defesa, Raul Jungman.

O anncio foi feito na manh desta quarta-feira (6) por Jungman e pelo ministro da Justia, Alexandre de Moraes, em apresentao no CML (Comando Militar do Leste), no centro do Rio.

O aumento do efetivo foi definido a partir de um pedido do governador do Rio, Francisco Dornelles. O grupo que ficaria restrito a ocupar unidades estratgicas, patrulhamento martimo e cuidar do espao areo agora ganhou funes na segurana pblica.

Haver militares com blindados nas vias expressas usadas pela chamada famlia olmpica: Linha Amarela, que liga a zona norte do Rio a Barra da Tijuca, na zona oeste, e a TransOlimpica, de Deodoro a Barra.

Os militares cuidaro tambm de parte da Linha Vermelha, a partir dos acessos do aeroporto internacional do Galeo e de parte da avenida Brasil, prximo ao bairro de Deodoro, onde haver competies como hipismo e canoagem slalom.

Seis estaes de trem no caminho para Deodoro, na zona oeste da cidade, e para o estdio do Engenho, na zona norte, tambm sero patrulhadas.

Diferentemente do que se planejava h um ano, quando a segurana do evento deveria ser discreta, sem blindados na rua, agora a situao mudou. Os pontos so a crise financeira do Rio e o aumento da violncia na cidade.

Alm de navios no mar, sero vistos blindados na rua. A ideia dos militares mostrar forte presena em reas sensveis para a segurana como a via expressa e o bairro de Deodoro.

A um quilmetro do Parque Olmpico de Deodoro esto as favelas do Chapado e Pedreira, local de maior incidncia de roubo de cargas da cidade do Rio e de conflito constante entre faces criminosas.

“Os turistas estrangeiros podem vir com absoluta tranquilidade para os Jogos”, afirmou Moraes.

TERRORISMO

Como havia falado na tera-feira (5), no Parque Olmpico da Barra da Tijuca, Moraes voltou a informar que a probabilidade baixa para ataques terroristas.

“Ns no temos nenhuma probabilidade de ato terrorista em territrio nacional. A possibilidade existe no mundo todo”, disse.

“Ns no estamos aqui para brincadeira. Eu sei que uma preocupao dos senhores com a deteriorao do Estado do Rio a partir de maro, mas estamos trabalhando constantemente”, afirmou Jungman.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook