Últimas

#GoaldeCanela: Messi vai pagar multa e Corinthians vai pagar o Pato

A semana foi pesada para Martino, Messi e a Seleção Brasileira. Sim, pois jamais esqueceremos o 7 a 1.



GOAL Por Livia Muniz 


Tchau, Martino – O trator Copa América Centenário passou por cima da Argentina e as sequelas não param de se agravar. Além da saída de Messi – que voltou a calar a boca e não tocou mais no assunto – e as possíveis saídas de outros jogadores, Tata Martino resolveu abandonar o barco. A pressão era tanta que tornou a situação dentro da desfalecida AFA irreversível. E detalhe: em dois anos de trabalho, Martino perdeu apenas um jogo oficial (derrota para o Equador a estreia das Elimiatória). E diziam que essa Copa América não ia valer nada.   

Bale vale – Quando foi contratado pelo Real Madrid como o jogador mais caro do mundo, muita gente torceu o nariz. Parecia claro que os Blancos só queria mostrar poder após serem preteridos por Neymar, e Bale nunca conseguiu mostrar de verdade que valia 100 milhões de euros, sempre à sombra de Cristiano Ronaldo. Só que nesta Euro, o galês pagou o recibo. Acabou caindo justamente diante do companheiro português, mas mostrou que sim, é um craque.  

Rei dos condenados – Já não bastasse todo o sofrimento vivido com a Argentina – e que está sendo muito bem superado nas Bahamas, por sinal – Messi também tem que enfrentar os seus monstros fora de campo. Mais precisamente no tribunal. O jogador foi condenado a 21 anos de prisão por fraude fiscal, junto com o pai Jorge. Não vai precisar cumprir a pena, apenas pagar uma gorda multa, mas vai manchar a imagem de bom moço construída na última década.  

Pagando o Pato – Foram meses de indecisão, sem saber para onde ir, se alguém iria querer contar com o ele. O Chelsea pulou fora e Alexandre Pato correu para o Heathrow em direção à São Paulo. Vai ficar no Corinthians mesmo, embora a situação não seja mais tão ruim como era antes de ir para Londres. Afinal, Tite saiu. Mas Pato ainda terá milhões na torcida de olho no seu comportamento em Itaquera.  

Todo dia é um 7 a 1 – Gol de Muller. Gol de Klose. Recorde de Klose. Gol de Kroos. Lá vem eles de novo. Outro gol de Kroos. Virou passeio. Criança chorando no Mineirão. Gol de Khedira. Apagão. Sai para o intervalo. Volta do intervalo. Gol de Schurrle. Outro de Schurrle. Gol de Oscarzzzzzz. Barra de rolagem. Só queria dar alegria para o povo. O 7 a 1 não acaba nunca. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook