Últimas

Humberto aproveita inauguração para falar em retrocessos de Temer

Em visita ao município de Surubim, no Agreste pernambucano, para a inauguração de obras, o senador Humberto Costa (PT) falou à população sobre “o risco de várias conquistas sociais acabarem no País no governo do presidente interino Michel Temer (PMDB)”. O discurso segue uma estratégia dos petistas que, ao mesmo tempo em que procuram reforçar a tese de golpe, reproduzem o discurso de retrocesso de conquistas, especialmente nas áreas de Educação, Habitação e Saúde.

Um dos pontos fortemente criticados pelo senador, que foi líder do governo Dilma Rousseff no parlamento é a proposta de aposentadoria aos 70 anos.”Querem acabar com as conquistas da população brasileira. Falam até em aposentadoria aos 70 anos. Eu me pergunto: como é isso? Em Pernambuco, a expectativa de vida é de 68 anos. Temer quer que as pessoas morram sem se aposentar? Isso sem contar, nos escândalos. Parece jogo de dominó, um ministro caindo atrás do outro”, disse.

Humberto também comentou a pesquisa CNI/Ibope divulgada ontem que mostra que o governo interino é rejeitado por 53% da população. “Um governo duplamente ilegítimo. Primeiro, porque o que Temer e seu grupo querem é golpear a democracia, desrespeitando a vontade de 54 milhões de brasileiros que escolheram Dilma Roussseff (PT) presidente. Em segundo lugar, é ilegítimo porque não tem respaldo nenhum da população. Nunca vi em tão pouco tempo, com um mês apenas de governo, uma gestão ser tão desaprovada pela população”, avaliou o senador.

Humberto esteve em Surubim para participar da inauguração do anel viário do município. Ao lado do prefeito Túlio Vieira (PT), do senador Armando Monteiro (PTB) e do deputado federal Silvio Costa (PTdoB), Humberto percorreu toda a extensão da obra, que vai ligar o bairro de São José ao centro do município. “Essa é uma obra importante para o município de Surubim porque vai beneficiar toda a população da cidade, trazer desenvolvimento”.

O anel viário custou R$ 650 mil e os recursos são, em maior parte, oriundos de uma emenda parlamentar de Humberto Costa (R$ 530 mil). O restante do valor, cerca de R$ 120 mil, é contrapartida da prefeitura de Surubim.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook