Igreja faz culto para moradores de rua e distribui agasalhos


8/07/2016 – 9:00


Alimentos e cobertores também foram entregues pelos membros da igreja




Igreja faz culto para moradores de rua e distribui agasalhos
Igreja faz culto para moradores de rua e distribui agasalhos

A igreja Lagoinha Pedreira realizou um culto especial para moradores de rua, um período de comunhão onde além de receber uma mensagem espiritual, eles também receberam agasalhos e alimentos.

O trabalho aconteceu no dia 17 de junho, reunidos na igreja, os moradores de rua participaram de um momento de louvor, ouviram testemunhos e a ministração de uma palavra feita pelo pastor Tiago Guedes, responsável pela igreja.

A palavra ministrada foi sobre o mendigo cego que pediu ajuda para Jesus e foi curado, como lemos em Lucas 18:35. O encontro daquele homem com Jesus transformou sua vida, e foi isso que o pastor ministrou.

“Queremos mobilizar a Igreja a dar uma resposta a esse problema e atender à demanda de quem deseja sair das ruas e das drogas. O culto foi maravilhoso. A ideia de realizar o evento veio da demanda de atender esse público e também pelo frio desses últimos dias”, disse o pastor.

Depois da reunião, os moradores de rua receberam alimento, agasalhos e cobertores e tiveram a oportunidade de conversar, contar suas histórias e receber apoio da igreja.

“Conseguimos doações de feijão, carnes e várias outras coisas e realizamos tudo com excelência. Um irmão fez o caldo, outras pessoas organizaram o culto e várias outras atenderam os moradores de rua para saber a respeito da vida deles, o motivo de estarem nessa situação e o que pode ser feito para mudar isso”, relata Tiago Guedes.

Segundo o site Lagoinha.com, a igreja em Pedreira encaminha os moradores de rua que desejam abandonar essa situação para comunidades terapêuticas.

Esse é apenas um dos diversos trabalhos que a igreja Batista da Lagoinha tem realizado em Pedreira, há outros projetos como aulas de ballet, artes marciais, artesanato, atendimento psicológico, jurídico e muito mais.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook