Últimas

Leandro Lehart abre a casa para o EGO: 'Compus muita música aqui'

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)

Leandro Lehart reformou há três anos sua casa, localizada no bairro Jardim São Bento, na Zona norte de São Paulo, onde mora desde 1997. No térreo da propriedade de 650m² (em milm² de terreno), o cantor reservou um espaço especial para a música. Ele montou um estúdio onde grava e produz seus discos e de outros artistas. Ao EGO, ele mostrou o espaço, a coleção de instrumentos e relembrou a época de vocalista do Art Popular.

“Compus muita música aqui. Muitos sucessos do Art foram feitos na garagem, inclusive ‘Vem Dançar o Mestiço'”, conta ele, sobre o sucesso que voltou a ser tocado depois de viralizar um vídeo da Carreta Furacão em que os dançarinos fantasiados de personagens como Fofão, Capitão América, Popeye e Mickey dançam a música de Lehart em uma rua de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro Lehart posa na frente do estúdio
(Foto: Celso Tavares/EGO)

Parede da memória
Na entrada do estúdio, Leandro fez uma parede com imagens de todas as suas referências, não só musicais. “Isso aqui é minha memória. São coisas que eu lembro da minha infância e adolescência e coloquei aqui sem ordem de importância. Então tem o picolé Chica Bon, meu primeiro caderno de música, o CD do Legião Urbana que eu ouvia na época da formatura da 8º série… Tudo está interligado. O Jorge Aragão veio aqui e viu uma foto dele”, diverte-se Leandro. “Ele ficou feliz, estava passando por um momento de questionamentos internos que todo artista passa, estava há tempos sem gravar, aí falei da importância que ele sempre teve para mim”, relembra.

Nas portas do estúdio, Leandro fez questão de deixar sua assinatura, literalmente. “A coisa de assinar é porque é meu, um brinquedo meu, marquei território como se fosse cachorro mesmo. Aqui é tipo minha nave espacial”, diz ele, que já tem 31 anos de carreira, sendo dez deles solos, após deixar o vocal do Art Popular. “Eu gosto de ser lembrado pelo grupo, acho legal. Faz parte da minha história”, reflete ele, que está lançando o CD e DVD Sambadelick, que mistura samba com música eletrônica e ritmos como soul, funk e R&B.

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro usa seus instrumentos para decorar a sala
(Foto: Celso Tavares/EGO)

Multinstrumentista
Leandro toca piano, cavaco, violão, banjo, teclado, guitarra e percussão. A influência da música está em todos os ambientes da casa dele, não só no estúdio. “Eu mesmo decorei. E os instrumentos que uso para decorar são de meu uso mesmo, não é fetiche de ter”, diz ele. “O cavaquinho branco que decora a sala fui eu que desenhei. Está na capa do disco do Art Popular samba Pop Brasil 1, vendeu muito”, relembra.

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro ao piano
(Foto: Celso Tavares/EGO)

Quando reformou a casa, a preocupação de Leandro era a de ter espaço para receber amigos.”Queria que aqui fosse um ponto de encontro da bate-papo musical. Vários músicos já vieram, como a banda do Pharrel, a equipe da Rihanna e a banda do Eminem, que se hospedaram aqui… A gente faz churrasco e fica na piscina. Eu gosto muito de receber! Todo mundo que você imaginar do samba, do rap, do pagode e DJs  já estiveram aqui”, orgulha-se Leandro.

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro Lehart abre a casa para o EGO
(Foto: Celso Tavares/EGO)

A casa
Leandro se define como clássico e básico na hora de decorar sua casa de três quartos. “Não gosto muito da poluição, gosto de cores clássicas. Fui decorando na intuição, fui gostando e comprando. Gosto de preto, cinza e branco, porque eu gosto de ficar muito tempo em um lugar e não gosto de enjoar.”

Depois da reforma, Leandro diz que a casa ficou a seu gosto. “Entrei nesse desafio louco de construir e ficou do jeito que eu queria, o que é um alívio. Se você não se planejar não consegue terminar porque tudo é muito caro. Mas consegui realizar o sonho de ter a casa desse jeito. Eu gosto de conciliar casa com trabalho. Não ter de sair de casa para pegar trânsito é ótimo, no futuro vai ser assim. Não ter de sair de casa para trabalhar é uma atitude politicamente correta, inclusive”, reflete.

Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro Lehart mostra o cavaquinho que ele mesmo desenhou  (Foto: Celso Tavares/EGO)
Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)O cantor posa em seu estúdio, que ele chama de ‘nave especial’  (Foto: Celso Tavares/EGO)
Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)Leandro Lehart na sala de sua casa, que fica na Zona norte de SP (Foto: Celso Tavares/EGO)
Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)A sala da casa  (Foto: Celso Tavares/EGO)
Leandro Lehart abre a casa para o EGO (Foto: Celso Tavares/EGO)A casa de Leandro (Foto: Celso Tavares/EGO)

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook