Lionel Messi é condenado a 21 meses de prisão por fraude fiscal

Decisão, que também se estende ao pai do jogador, não acarreta em ida imediata para a cadeia por ser um período menor de dois anos

O Tribunal de Barcelona condenou o atacante argentino Lionel Messi e o pai do jogador, Jorge Horacio Messi, a 21 meses de prisão por fraude fiscal. O julgamento começou em 31 de maio e aguardava decisão do julgamento.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Messi nega conhecimento de fraude | Tudo o que você precisa saber sobre o julgamento | Galeria: a audiência de Messi


A promotoria pediu pena de 22 meses de reclusão a ambos por triplo crime contra o Tesouro espanhol, que teria causado 4,1 milhões de euros (R$ 15 milhões) de danos aos cofres públicos em negócios envolvendo os direitos de imagem do jogador entre 2007 e 2009.

O acórdão, a princípio, não acarreta na ida do craque para a cadeia, já que a sentença foi menor de dois anos e ainda cabe recurso.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook