Últimas

Ludmilla pede R$ 300 mil a Val Marchiori em processo por injúria racial

Ludmilla e Val Marchiori Foto: TV Globo/ Carol Caminha e Reprodução/ Instagram

Ludmilla e Val Marchiori Foto: TV Globo/ Carol Caminha e Reprodução/ Instagram

Ludmilla decidiu seguir em frente com o processo que move contra a socialite Val Marchiori por injúria racial. Segundo noticiou o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, nesta quinta-feira (21/7), a cantora está pedindo uma indenização de 300 mil reais na 3ª Vara Cível da Ilha do Governador.

A confusão começou no carnaval deste ano, quando Val Marchiori comparou o cabelo de Ludmilla a uma esponja de aço, durante uma entrevista para um programa de TV. Após o ocorrido, Ludmilla usou seu Instagram para dizer que estava chateada com o ocorrido. Val marchiori também falou usou a rede social para negar que fez um comentário preconceituoso:

“Realmente, não gostei de como estava o penteado e não do cabelo em si. Cada um tem o seu, a diferença é o modo como usa. (…) falei que não gostei do penteado escolhido! Que na verdade, nem era o cabelo dela, e sim uma peruca. E independente da cor da pessoa, do jeito da pessoa, ou da pessoa em si. Não gostei, achei que não ficou bom para o look e falei. Agora, pensar que isso possa representar algum tipo de inferioridade ou superioridade como algumas pessoas disseram, já é demais. A pessoa, seu caráter, sua vida, quem faz é ela própria e não seu cabelo ou peruca. Hello! Pensar dessa forma até me enoja! Não foi preconceito”, escreveu.

Val MArchiori não gostou nada de ser comparada com Ana Paula Renault - Foto: Reprodução/ Instagram

Val MArchiori não gostou nada de ser comparada com Ana Paula Renault – Foto: Reprodução/ Instagram

Ludmilla usou sua página no Instagram para dizer que resolveu aproveitar o restante da noite, apesar de ter ficado triste com a entrevista dada por Val Marchiori. Em outra postagem, a cantora escreveu que não “valia a pena discutir nas redes sociais”.

“Depois do desfile muitas pessoas me enviaram um vídeo de uma pessoa que apresentava um programa ao vivo na TV falou que meu cabelo parecia bombril. Eu fiquei muito triste quando vi o vídeo, mas curti o restante da minha noite de ontem tranquila e com sensação de dever cumprido após o desfile da minha escola maravilhosa que arrasou na avenida”, escreveu.

“Ao viajar pro Pará pra fazer um show, vim refletindo no avião. Quem é essa pessoa? O que eu fiz pra ela? O que ela fez pra chegar onde ela está? E vi que não valia a pena ficar com raiva dela, nem bater boca nas redes sociais. Tenho consciência de tudo que passei pra chegar aqui, vim de baixo sim, mas lutei muito pra chegar onde estou e o mais importante, com um trabalho digno e honesto e com o apoio de toda a minha família e amigos que tenho orgulho de tê-los comigo sempre! Tenho muito orgulho da minha raça e não vai ser qualquer pessoa que vai me colocar pra baixo por puro preconceito, ser chique é ter valor e não preço. Muito obrigada a todos que responderam em minha defesa.”, completou.


Fonte: Cenapop.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook