Últimas

Médico que debochou de paciente anuncia que irá fazer trabalho voluntário

O médico Guilherme Capel Pasqua, que ficou conhecido nacionalmente após debochar de um paciente mostrando um receituário com os dizeres “Não existe peleumonia e nem raôis”, foi até a casa do mecânico José Mauro pedir desculpas pelo seu comportamento. Em uma foto publicada na sua página do Facebook, Guilherme segura uma folha de papel no qual se lê “Desculpem!” e afirma que pretende se retratar também com hospital Santa Rosa de Lima de Serra Negra, de onde foi afastado após o caso.

“Como prova disso, fico à disposição da ONG que ajuda este hospital para realizar plantões voluntariados nos quais todo o dinheiro arrecadado será destinado a ONG que ajuda este hospital”, disse no texto. Após a repercussão, Guilherme falou, em entrevista à EPTV, que não teve a intenção de ofender e que o fato era apenas uma brincadeira entre médicos.

Ele pediu desculpas aos que falam “peleumonia” e “raôxis” e acredita que o contexto social define as regras da Língua Portuguesa. Formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Guilherme também falou que vai processar quem postou a foto na web.

Confira o texto na íntegra:

“Uma imagem fala mais que mil palavras”
Eu errei, me arrependi e me sinto mal com isto. Este pedido de desculpas vai a todos os brasileiros que se ofenderam com a brincadeira da “peleumonia”. Sr. José Mauro hoje tornou-se meu amigo. Fui até a casa do mecânico que virou símbolo nacional. Diante da exposição ao hospital Santa Rosa de Lima de Serra Negra gostaria também de me retratar. Como prova disso, fico à disposição da ONG que ajuda este hospital para realizar plantões voluntariados nos quais todo o dinheiro arrecadado será destinado a ONG que ajuda este hospital.
Este sou eu: Guilherme Capel Pasqua.
Obs: O telefone para quem quiser doar para esta mesma ONG é 19 38924946.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook