Últimas

Miss São Paulo Gay: Saiba tudo que rolou no evento!

Sheron Correa vence o Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)Sheron Correa vence o Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)

Na noite dessa terça-feira, 12, a capital paulista brilhou muito! Isso porque aconteceu a 27ª edição do concurso do Miss São Paulo Gay, que corou Sheron Correa, representante de Barretos, como a grande campeã. O evento teve tudo que um concurso de Miss promete – tchauzinho clássico, frases filosóficas das candidatas e torcida na plateia -, mas contou com alguns momentos que deixaram tudo ainda “bafônico”. O EGO esteve no concurso e conta tudo que rolou!

Campeã era favorita do público
A campeã, Sheron Correa, representante de Barretos, deixou o público presente feliz. Ela era uma das grandes favoritas pela postura de Miss e por sua beleza, além do look azul, que foi um dos mais bonitos da noite.

Candidata de Araraquara no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)Candidata de Araraquara no Miss São Paulo Gay

Mas outras tinham torcida forte
Porém, outras candidatas tinham uma torcida empolgada. Foi o caso das representantes de Guarulhos – que ficou em segundo -, da Miss Lorena, que ficou em terceiro, da Miss Araraquara e da Miss Tuiuti.

Sósias de Carol Celico e de Jéssica Lopes
Por falar em Miss Tuiuti, ela, que se chama Mayrah Huller, chamou a atenção por ser a cara de Jéssica Lopes, a Miss Bumbum Inglaterra. “Sou fã dela. Me inspiro nela tanto para me maquiar, quanto para me vestir. A acho linda”, confessou ela ao EGO. A Miss Trans Star Brasil, Rafaella Manfrini, que fez uma participação no evento, também era parecida com uma famosa: ela ela i-gual-zi-nha a Carol Celico!

Gogo boys
Não era uma balada gay, mas tinha gogo boys sem camisa! Eles apareceram como dançarinos da cantora Dayanna Gon, que fez uma performance arrasadora.

Rafaella Manfrini, a Miss Trans Star Brasil, no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)Rafaella Manfrini, a Miss Trans Star Brasil

Tchauzinho e frases filosóficas
Como todo concurso de Miss, nesse não faltaram os tchauzinhos clássicos e as frases filosóficas. Ao ser questionada quem era sua inspiração, a Miss Araraquara respondeu que era Nelson Mandela. Já a Miss Barretos citou Martin Luther King em seu discurso para ganhar a competição. Deu certo!

Silvetty Montilla: um show à parte
Silvetty Montilla, que era uma das apresentadoras do concurso, chegou atrasada. “Meu helicóptero teve que fazer uma… Baldeação na Sé”, brincou ela. A drag queen foi um show à parte e fez diversas piadas no palco, que levou o público às risadas. Diva!

Salete Campari: ‘musa das bee’
Salete Campari, uma das juradas do Miss São Paulo Gay, foi uma das pessoas mais assediadas do evento. Tudo que o apresentador perguntava à plateia, respondiam o nome dela. Simpática, ela ria e agradecia ao carinho.

Campanha solidária
Não foi só de glamour que a noite foi feita. O concurso arrecadou de seus convidados toalhas de banho para serem entregues a uma instituição que cuida de crianças com câncer – Centro de Apoio à Criança Carente com Câncer – Cândida Bermejo Camargo.

E viva a diversidade!
Ao final do concurso, o criador, Luiz Polastro se emocionou e gradeceu a todos que o apoiaram. “Mesmo com o país em crise, conseguimos fazer esse evento lindo, sem apoio algum da prefeitura ou do Estado”, declarou ele. Em conversa com o EGO, Luiz relembrou um dos motivos do concurso: “Celebrar a diversidade, acabar com o preconceito, mostrar todas as formas de beleza.”

Rafaella Manfrini, a Miss Trans Star Brasil, no Miss São Paulo Gay 2016 e Carol Celico (Foto: Celso Tavares/ EGO e Instagram/ Reprodução)Rafaella Manfrini, a Miss Trans Star Brasil, no Miss São Paulo Gay 2016 e Carol Celico (Foto: Celso Tavares/ EGO e Instagram/ Reprodução)
Silvetty Montilla no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)Silvetty Montilla no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)
Valentina Isler, a Miss São Paulo Gay 2015, na edição de 2016 do concurso (Foto: Celso Tavares/ EGO)Valentina Isler, a Miss São Paulo Gay 2015, na edição de 2016 do concurso (Foto: Celso Tavares/ EGO)
Dayanna Gon dança com gogo boys no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)Dayanna Gon dança com gogo boys no Miss São Paulo Gay 2016 (Foto: Celso Tavares/ EGO)

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook