"Não há o que dizer, apenas raiva", lamenta Javi Martínez sobre atentado em Munique


Meia do Bayern ficou arrasado e “enviou abraço para as vítimas e suas famílias”. Outros jogadores também se manifestaram nas redes sociais

Javi Martinez, meia do Bayern de Munique, disse que sente “raiva e impotência” após o atentado em Munique, que deixou 10 mortos e pelo menos 16 feridos no shopping Olympia-Einkaufszentrum, na cidade alemã. O jogador, que mora perto do local atacado, expressou sua revolta e solidariedade pelas vítimas.

“Eu estava fora da cidade e um companheiro de equipe tinha escrito algo no grupo de jogadores que temos e perguntou se estávamos bem. A cidade rapidamente ficou uma bagunça e comecei a receber mensagens da minha casa para ver se eu estava bem. 

“O que está acontecendo é algo difícil de acreditar. São coisas que você vê todos os dias, sabe que a ameaça existe, mas não acredita que esteja tão próximo de você. É incrível pensar que você sai para beber, para voltar a um local conhecido, e que isso pode custar a sua vida. Porquê? Quem pode fazer algo assim? Não há resposta, só raiva e uma enorme impotência”, disse Javi Martinez  ao Marca. “Quero enviar um abraço às vítimas e suas famílias”, concluiu.

Outros jogadores também se manisfestaram sobre o atentado nas redes sociais:


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook