Pagar R$ 360 milhões por Griezmann? Astro francês faz valer a pena cada centavo

Atacante está em ótima forma pela seleção francesa depois de ter feito uma brilhante temporada pelo Atlético de Madrid

Antoine Griezmann é, sem dúvidas, o cara do momento. Como se uma temporada espetacular pelo Atlético de Madrid não fosse suficiente, com 32 gols, agora ele tem brilhado na Eurocopa.

Aos 25 anos, o atacante francês está atingindo o auge da sua forma. Junto com seu compatriota Dimitri Payer e o galês Gareth Bale, tem sido um dos astros do torneio de seleções. É o artilheiro até agora, com quatro gols.

“Ele é um finalizador clínico, excelente tecnicamente e esperamos que ele nos ajude com essa boa fase”, elogiou o técnico da França, Didier Deschamps.

Números de Griezmann na Eurocopa 2016: 

No Atlético de Madrid, Griezmann despertou um medo: após o vice-campeonato na Liga dos Campeões, o técnico Diego Simeone sinalizou com a possibilidade de sair do clube, o que poderia fazer com que o atacante francês fosse embora também. Mas até agora o técnico ficou, e o Atlético ainda conseguiu fazer um novo contrato com Griezmann, válido até junho de 2021. “Estou feliz por ficar aqui com minha família e com esse projeto”, afirmou Griezmann após fechar o acordo. O lateral Juanfran descreve bem a importância do atacante: “precisamos do Griezmann porque ele é uma das nossas pedras fundamentais nos últimos anos. Sua renovação nos deixou muito felizes”, afirmou ele à Goal.

Com a renovação, a multa para tirar Griezmann do Atlético passou a ser de 100 milhões de euros (R$ 360 milhões). É muito para pagar por um atacante, mesmo da qualidade dele? 


Griezmann levou o Atlético para final da Champions League (Foto: Getty Images)

Pode parecer caro, mas isso mostra a importância de um jogador que tem mostrado seu melhor nível nos últimos dois anos. Em um mundo que pagam 55 milhões de euros por Hulk e 40 milhões de euros por Granit Xhaka, o valor já não parece tão exagerado. Não é barato, claro. Mas o francês tem mostrado que é um jogador da mais alta qualidade, tanto na frente do gol quanto na capacidade técnica e no trabalho em equipe. Ele mostrou isso no Atlético e agora tem feito o mesmo em competições internacionais.

É claro que nesse momento, com esse preço, ninguém vai comprá-lo. Mas a médio prazo ele terá muitos pretendentes, ainda que sair ou não seja outra questão. Ele está comprometido com a equipe, se sente em casa e captou perfeitamente o estilo de seu técnico: “Simeone nos convenceria a ir para guerra com ele”, afirmou o atacante recentemente. Por enquanto o soldado está em seu quartel no Vicente Calderón, mas quem sabe o que o futuro reserva para o homem de R$ 360 milhões?


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook