Últimas

Painel FC: Sem salário milionário: clubes oferecem contrato de produtividade para contratar Pato em 2017

Clubes brasileiros que querem Alexandre Pato para 2017 propõem ao atacante contrato de produtividade.Pato, hoje, tem acordo no Corinthians com ganho mensal de R$ 800 mil, e gostaria de manter o patamar.

Em conversas com representantes do atleta, cartolas dizem que o valor é irreal devido à crise econômica, mas que gatilhos no contrato para mínimo de jogos como titular, gols e até convocação para a seleção podem fazer com que o atleta tenha manutenção no rendimento.

Quer?. Dois clubes grandes do Brasil já procuraram Pato para tentar assinar um pré-contrato para 2017 — documento que ele já pode firmar, já que restam menos de seis meses para o fim do acordo com o Corinthians.

Caminho. O atacante, entretanto, ainda acha que tem mercado em clube de grande porte da Europa, apesar de já ter ouvido conselho de pessoas próximas de que o ideal seria tentar voltar à seleção jogando bem no Brasil.

Casa. O projeto de construção do estádio do Flamengo em um terreno no bairro de Guaratiba, na zona oeste do Rio, teve como consultor de modelo financeiro a mesma pessoa, Vladimir Rioli, que preparou a proposta do que hoje é o Allianz Parque, a nova arena do Palmeiras.

Idêntico. O modelo, que está em fase de apresentação a conselheiros, já tem seis investidores interessados, que  seriam os gestores da arena por tempo determinado.

Nova função. O governo Michel Temer pretende transformar a Autoridade Pública Olímpica (APO) em órgão voltado aos projetos do legado olímpico, após a Rio-2016.

Espelho em 2012. A ideia é que a APO, hoje responsável pela coordenação das ações governamentais na Olimpíada, faça trabalho parecido com o “London Legacy”, dos Jogos de 2012, em Londres, que cuidou que projetos de revitalização fossem mantidos após o evento.

Data. A APO terá essa função até 31 de dezembro de 2018, quando tem de ser extinta, segundo seu estatuto.

Ruim…  O fisioterapeuta Bruno Mazziotti, ex-Corinthians e atualmente na China, ficou fora da comissão técnica da seleção na Rio-2016 — ele participou de toda a preparação da equipe.

..bom. Mazziotti, entretanto, deve ser promovido à seleção principal, e voltará a trabalhar com o técnico Tite.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook