Últimas

Palmeiras perde Jesus para clássico com Santos e pode ficar sem Moisés

Apesar da vitória por 3 a 1 sobre o Sport, nesta segunda (4), ter colocado o Palmeiras novamente na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, a equipe teve baixas importantes para o clássico da próxima terça (12) diante do Santos.

Sete palmeirenses entraram pendurados para a partida contra o Sport, e entre eles estavam Gabriel Jesus e Róger Guedes, dois titulares do ataque. Ambos levaram o amarelo. Além deles, Thiago Santos também não poderá enfrentar o rival.

“O Palmeiras é uma das poucas equipes que não tem ninguém expulso. É natural, por uma necessidade ou outra, tomar o cartão. Eu tinha sete com dois cartões e acabei perdendo três hoje. Faz parte”, disse Cuca em coletiva de imprensa.

O cartão apresentado ao atacante Gabriel Jesus foi contestado pelo jogador. No lance, ele tentou dar um drible no adversário, que se irritou e foi para cima do jogador. Os dois foram advertidos.

“Fiquei bravo com o cartão. Depois do cartão não fui o mesmo, fiquei bravo de desfalcar meu time em jogo importante”, afirmou o artilheiro do Brasileiro, com dez gols.

Sem condições de jogo, Dudu não foi relacionado para a partida desta segunda. No seu lugar entrou Erik, que marcou o primeiro gol da equipe. Cuca garantiu que Dudu estará de volta para a próxima rodada e então deve utilizar os dois jogadores nos lugares de Jesus e Guedes e pode optar por Barrios ou Rafael Marques como um homem de área.

As baixas não se restringiram somente ao ataque. No meio de campo, além de não poder contar com Thiago Santos, as presenças de Moisés e Tchê Tchê são incógnitas.

Durante o segundo tempo, os jogadores precisaram ser substituídos devido à lesões. Exames serão realizados para saber a gravidade.

“Lamentamos a perda de jogadores importantes, como Moisés e o Tchê Tchê, os que tomaram o terceiro amarelo. Agora é confiar no grupo e no torcedor. Ele vai ser nosso equilíbrio no próximo jogo, diante de tantas baixas e do grande adversário que é o Santos”, completou o treinador.

Veja vídeo


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook