Palmeiras x Atlético-MG é jogo de reencontros de técnicos e tem coincidência de data

Cuca e Marcelo Oliveira vão enfrentar seus ex-clubes e poderão mostrar que ainda conhecem bem seus adversários

No Palmeiras o técnico será Cuca, ex-Atlético-MG. Já no Atlético-MG o técnico será Marcelo Oliveira, ex-Palmeiras. Os dois tiveram passagens marcantes pelos clubes que vão enfrentar neste domingo (24), no Allianz Parque, às 11h (de Brasília), e ainda há uma coincidência de data chamativa: Cuca conquistou o título da Copa Libertadores pelo Atlético-MG justamente em um 24 de julho, três anos atrás.

O reencontro é mais especial para Cuca, que virou ídolo do Galo e ainda não viveu esse reencontro. Ele já lembra com carinho daquela final: “foi o maior título que eu tive e talvez o maior trabalho. Uma coisa que eu nunca esquecerei é a noite do dia 24 de julho. Tenho um carinho muito grande pelo clube e pelos profissionais que estão lá, todos são meus amigos”, afirmou, ressaltando porém que não dará moleza ao Atlético-MG porque o Palmeiras precisa da vitória.

Depois que saiu do Atlético-MG, Cuca foi para o Shandong Luneng, ganhou a Copa da China e bons salários. Voltou para o Palmeiras e tem feito ótimo trabalho, pois tem mantido o time na liderança do Campeonato Brasileiro.


Cuca vai reencontrar torcida do Galo pela primeira vez (Foto: Bruno Cantini) 

Já Marcelo Oliveira não conseguiu a mesma tranquilidade depois que saiu do Palmeiras. Ele nunca fez o time alviverde jogar bem, mas ganhou a Copa do Brasil de 2015 e manteve o status de grande treinador. Porém, a eliminação na Copa Libertadores causou sua saída. No Galo ele começou mal, conseguiu se recuperar, mas ainda é visto com desconfiança. Claro que Marcelo conhece bem o Palmeiras e pode contar com essa vantagem para o jogo deste domingo (24).

Até Cuca acredita que ainda pode tirar algum proveito do conhecimento que tem do Atlético-MG: “você conhece o perfil do adversário e sabe o que ele é acostumado a fazer. A grande sacada é você conhecer o adversário e entender o que ele fará durante o jogo. Muitas vezes você está no meio do tempo e vai para a palestra falando o que aconteceu no primeiro tempo, mas tem de esquecer isso porque já aconteceu. Tem de ter a visão do que será feito no segundo tempo, afinal nunca um tempo é igual ao outro. Quando você tem essa maturidade de entender o que acontecerá com o adversário no segundo tempo, é um ganho que você tem”,

Os dois times costumam ser elogiados por terem bons elencos e agora precisarão mostrar essa força, pois estão com muitos desfalques. Sem Fernando Prass, Gabriel Jesus e Moisés, o Palmeiras deve jogar com Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier; Dudu, Róger Guedes e Alecsandro (Erik).

Já o Galo, sem Douglas Santos e Cazares, por exemplo, entrará em campo com Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Maicosuel, Robinho e Carlos; Fred.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook