Penedo: Cidade histórica volta a sediar Festival do Cinema Brasileiro

Além da nona edição do evento, cidade será palco do 6º Festival de Cinema Universitário de Alagoas e da 3ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental

 

Entre 29 de novembro e 3 de dezembro, Penedo receberá mais uma vez os amantes da sétima arte e, particularmente, do cinema nacional. A cidade ribeirinha vai sediar a 9ª edição do Festival do Cinema Brasileiro de Penedo, um dos eventos de cinema mais importantes das décadas de 1970 e 1980 realizados no país. Além da nona edição do evento, a cidade também será palco do tradicional Festival de Cinema Universitário de Alagoas, que chega ao sexto ano, e da 3ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental.

 

O retorno do Festival, que teve sua última edição realizada em 1982, é uma conquista almejada há muito pelo coordenador do Festival de Cinema Universitário de Alagoas, Sérgio Onofre. O evento teve sua primeira edição em 2011 e é um projeto de extensão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

 

 


“O Festival de Cinema Universitário veio como provocação para o resgate da tradição dos grandes festivais que aconteciam em Penedo. Com o crescimento e consolidação do evento, que também é nacional, pudemos ousar e chamar a retomada do Festival Brasileiro. Esse é o desejo dos moradores da cidade. Acreditamos que Penedo pode voltar a ser um grande polo do cinema nacional”, pontuou Onofre.

 

A retomada do Festival do Cinema Brasileiro foi um compromisso assumido pelo governador Renan Filho, em novembro passado, durante a última edição do Festival de Cinema Universitário de Alagoas. Assim, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult/AL), o Governo será correalizador do evento.

 

“O Festival do Cinema retoma para Penedo a missão de divulgar o cinema nacional e as novas produções, incentivando e estimulando o segmento audiovisual. A capital do baixo São Francisco, em meados dos anos 80, era palco de importantes festivais de cinema e música, reunindo grandes nomes  amantes da arte de todo o país. Nesta edição, o Estado será co-realizador deste evento que promove as produções audiovisuais locais. Com o engajamento de todos, consolidaremos Alagoas como rota no calendário cultural nacional”, afirmou a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas.

 

Vale destacar ainda que os dois Festivais e a Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental serão realizados, também, pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS) e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF).

 

Inscrições abertas para mostras competitivas

 

Neste ano, haverá três mostras competitivas de produções audiovisuais em curta-metragem: a do 9º Festival do Cinema Brasileiro de Penedo, a do 6º Festival de Cinema Universitário de Alagoas e a 3ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, que, além de fomentar debates socioambientais, assume o caráter de mostra competitiva.

 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 20 de agosto pela plataforma Festhome. Para ter acesso ao regulamento dos Festivais e da Mostra, é preciso estar cadastrado na plataforma. Cada proponente poderá inscrever apenas uma produção audiovisual e ser diretor ou produtor executivo da mesma.

 

No ato da inscrição, deve ser enviado, em formato .JPG ou .PDF, três fotos de cenas do filme, cartaz e foto do diretor, além da filmografia deste ou do produtor executivo. O curta-metragem deve ter, no máximo, 25 minutos, incluindo créditos, e sido produzido a partir de 2014.

 

Já para a Mostra Competitiva do Festival de Cinema Universitário, a inscrição apresenta mais detalhes. Os interessados devem ficar atentos, pois será necessário anexar documento que comprove o vínculo com a Instituição de Ensino Superior (IES) ou Escola Técnica de Cinema e Audiovisual onde o proponente estuda ou trabalha.

 

Caso seja estudante egresso, o candidato deverá apresentar declaração da instituição de ensino em papel timbrado e carimbado, o qual comprove que era aluno no período de realização do curta. Já se for professor ou técnico-administrativo, deverá enviar cópia autenticada da carteira de identificação funcional ou declaração da instituição de ensino na qual trabalha.

 

Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental

 

Em 2014 e 2015, as sessões da Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental abriram espaço para jovens estudantes debaterem sobre a necessidade de preservação e revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. A mostra exibia produções voltadas aos aspectos socioeconômicos, culturais e ambientais das regiões banhadas pelo Velho Chico e seus afluentes. Sempre realizada com a parceria do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, a Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental chega a esta edição como mostra competitiva.

 

Para a terceira edição da Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, as produções inscritas devem seguir as seguintes regras: os filmes ou vídeos podem ser de qualquer gênero, devem ter sido produzidos ou ambientados em qualquer município da região fisiográfica da Bacia do Rio São Francisco, podem devem ter classificação livre e poderão tratar sobre temáticas relacionadas às questões hídricas, à vida das comunidades ribeirinhas ou as demais questões socioculturais e socioambientais dos municípios que pertencem à Bacia.


Todas as informações sobre as inscrições para as mostras competitivas podem ser vistas no regulamento presente na plataforma Festhome.

 

Agência Alagoas

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook