Últimas

Polícia desmente boato de WhatsApp sobre assalto com pneu furado

Uma mensagem que circula pelo WhatsApp vem deixando apreensivos os motoristas que passam pelo Complexo da Lagoinha, no Centro de Belo Horizonte. Segundo a suposta denúncia, assaltantes estariam colocando um dispositivo na pista de um dos túneis para furar os pneus dos carros e abordar as vítimas. O batalhão da Polícia Militar (PM) responsável pela área diz que não há registro de nenhum caso.

No áudio, um homem que não se identifica diz que o caso aconteceu no Túnel da Lagoinha. “Eu escutei um barulho no pneu do carro e ia parar, mas estava muito ermo. Eu continuei até vir aqui na Cidade Nova e descobri um dispositivo que eles colocaram no piso do túnel para poder furar pneu”, diz.

“Nada mais é do que um pedaço de plástico, saquinho plástico, enrolado num arame com a ponta para cima. Então quando ocorrer isso, o barulho característico do metal batendo no chão, não pare, porque é uma armadilha para ser assaltado. Hoje fui lá no borracheiro e ele falou que já tinham chegado três carros com esse dispositivo agarrado no pneu”, afirma o homem. O áudio vem acompanhado de uma foto do suposto artefato.

Por meio de nota, o 16º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela área do túnel, disse que até o momento não há nenhum registro feito pela corporação sobre vítimas que tiveram veículos danificados por qualquer artefato no interior do Túnel da Lagoinha. “O 16º Batalhão não recebeu nenhuma demanda ou solicitação em torno de situação dessa natureza; portanto não existe confirmação oficial sobre tal questão, embora haja informações extra oficiais circulando em redes sociais”, diz a nota. “Informamos que o patrulhamento no túnel e adjacências está sendo feito normalmente com vistas à prevenção de toda e qualquer modalidade de atos ilícitos”, finaliza.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook