Polícia registra homicídio e 3 tentativas na capital em menos de 24h

Jovem foi assassinado a tiros no Jacintinho; tentativas aconteceram na parte alta de Maceió e em Pilar

 

Um jovem de 19 anos foi assassinado a tiros nesta sexta-feira (15), no bairro do Jacintinho, em Maceió. A Polícia Militar também registrou três tentativas de homicídio na região metropolitana da capital alagoana em menos de 24h. 

A vítima identificada como Gustavo Avelino Laurentino estava na Travessa Dr. João Malaquias, próximo a um condomínio, quando foi alvejado por diversos disparos de arma de fogo calibre 22 na região da cabeça. Ele veio a óbito antes da chegada do socorro médico.

Militares do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE) fizeram rondas na região, mas nenhum suspeito foi localizado. Os institutos Médico Legal (IML), de Criminalística (IC) e equipes da Delegacia de Homicídios da Capital estiveram no local para realização dos procedimentos cabíveis.

Além do homicídio, o Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), registrou nesta sexta-feira (15) três tentativas de atentado a vida na região Metropolitana de Maceió, em menos de 24 horas. 

O primeiro caso aconteceu na Avenida Luiz Poeta Gonzaga Barroso, próximo a Limpel, no bairro do Clima Bom. A vítima, um adolescente de 17 anos, foi atingida por quatro disparos de arma de fogo, Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE).

Já na cidade de Pilar, Diogo da Silva Santos, de 24 anos, foi atingido por golpes de faca na região da cabeça e do pescoço. O crime aconteceu próximo ao Mercado Público do município. A vítima foi socorrido e encaminhada ao HGE.

No Tabuleiro do Martins, duas pessoas foram vítimas de arma de fogo. José Nilton Souza Santos, de 42 anos, e José Carlos Góes dos Santos, de 43 anos, foram atingidos por disparos de arma de fogo por suspeitos não identificados. Populares socorreram as vítimas ao HGE. Nenhum suspeito de cometer os crimes foi preso.

 

 Por Pedro Ferro

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook