Últimas

Portugueses falam em 'orgulho', e franceses lamentam 'punhalada'

“Orgulho de Portugal”. Foi assim que o jornal esportivo português “A Bola” resumiu a seleção do país, que conquistou no domingo (10) o título da Eurocopa com uma vitória por 1 a 0, na prorrogação, sobre a França.

Em sua capa, o diário diz que, pela primeira vez na sua história, atribuiu nota dez para todos os jogadores da equipe em uma partida.

O jornal “Metro”, por sua vez, destacou “Reis da Europa” em sua primeira página e disse que este é o maior feito do futebol português.

O “Record” foi nesta mesma linha e estampou a palavra “épico”.

Mas não foram só os jornais de Portugal que deram espaço para o título da Euro em suas capas. Os estrangeiros também valorizaram a conquista.

O italiano “Corriere dello Sport” fala em “Portogallissimo!”, enquanto a “Gazzetta dello Sport” escreve “Porto Bello”, enfatizando que Cristiano Ronaldo foi mais forte que as maldições.

O atacante do Real Madrid foi substituído ainda no primeiro tempo depois de sofrer uma lesão no joelho.

Na Espanha, o jornal “Marca” diz que o título já não é um sonho, é real, fazendo uma alusão ao time em que Ronaldo joga.

Por outro lado, os jornais franceses lamentaram a derrota em casa.

O “L’Equipe”, por exemplo, estampa o meia Pogba cobrindo o rosto com a camisa e fala em “punhalada no coração”.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook