Últimas

Preta Gil, vítima de racismo, recebe o apoio de amigos e familiares

‘Meus amores, meu suporte’, escreveu a cantora na madrugada desta quinta-feira, 28, em seu perfil em uma rede social.

Preta Gil, vítima de racismo, recebe o apoio de amigos e familiares. ‘Meus amores, meu suporte’, escreveu a cantora na madrugada desta quinta-feira, 28, em seu perfil em uma rede social.

Após denunciar ataques racistas sofridos no Facebook, Preta Gil seguiu para a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, localizada na Zona Norte do Rio, onde prestou depoimento na tarde da última terça-feira, 26. Ela saiu do local acompanhada pelo marido, Rodrigo Godoy. Mais cedo, a cantora tinha publicado um post em que desabafava sobre os diversos tipos de preconceito que já sofreu.

Na ocasião, em conversa com o EGO, a delegada responsável pelo caso, Fernanda Fernandes, afirmou que Preta Gil ou um representante da cantora terá que voltar à delegacia com os perfis de todas as pessoas que a atacaram no Facebook. “Ela só trouxe uma parte dos links que identificam esses perfis. Ela veio com uns oito, mas parece que são uns cem”, disse.

A delegada também destacou que ainda não era possível relacionar o caso de Preta Gil com o de outras famosas que receberam ataques racistas, como as atrizes Taís Araújo e Cris Vianna e a jornalista Maria Julia Coutinho.

Laura Fernandez, Preta Gil com a neta, Sol de Maria, Tiago Worcman, Flora Gil, Carolina Dieckmann, Amora Mautner e Gilberto Gil com amigos (Foto: Instagram/ Reprodução)Laura Fernandez, Preta Gil com a neta, Sol de Maria, Tiago Worcman, Flora Gil, Carolina Dieckmann, Amora Mautner e Gilberto Gil com amigos
Flora Gil, Carolina Dieckmann, Preta Gil e Amora Mautner na casa da cantora na Zona Sul do Rio (Foto: Instagram/ Reprodução)Flora Gil, Carolina Dieckmann, Preta Gil e Amora Mautner na casa da cantora na Zona Sul do Rio

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook