Ronaldinho põe fé no ouro da Seleção, mas pede: “que joguem com alegria”

O craque, que disputou duas vezes os Jogos Olímpicos, afirmou que a experiência é essencial para o amadurecimento de jovens valores

Ronaldinho Gaúcho teve duas vezes a chance de conquistar uma medalha de ouro para o Brasil. Em 2000, fracassou pela primeira vez e, já mais velho, em 2008, conseguiu subir no pódio para receber o bronze.

Apesar de não ter conseguido o ouro, o craque vê o torneio olímpico como uma excelente oportunidade para dar experiência aos jogadores mais jovens. Tal como aconteceu com ele, que após o fracasso em 2000 fez parte da equipe que conquistaria a Copa do Mundo dois anos depois.

R10, com a medalha de bronze em Pequim (Foto: Getty Images)

“É uma experiência maravilhosa. Acho que todo atleta sonha em participar de uma Olimpíada. É uma das maiores competições que existe para mostrar jogadores dessa idade”, afirmou R10 para o site oficial da CBF.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
O que a irritação de Neymar pode nos dizer? | De R10 a Prass:os ‘veteranos’ da Seleção | Brasil: a única estrela


E o eterno ídolo de Barcelona e Atlético-MG mostrou confiança de que, desta vez, o ouro pode chegar. Mas que seja com um futebol alegre e cheio de ‘dibre’, como o que fez Ronaldinho ser visto no mundo todo como um verdadeiro artista da bola.

“Para o Brasil, tem todo esse fato histórico de nunca ter conseguido a medalha de ouro. Então essa geração tem um objetivo a mais para se motivar, que é ganhar e entrar para a história”, avaliou. “Que joguem com alegria, que desfrutem bem. Que consigam resgatar o nosso futebol de alegria, de muito drible e diversão. Acho que o povo brasileiro quer isso de volta. Espero que eles consigam essa medalha. E sabemos que dentro do Brasil vai ser melhor ainda, um fato histórico”, concluiu.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook