Últimas

Saiba os motivos de Maia para cortar salários dos deputados

A decisão de cortar salários dos faltosos anunciada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), faz sentido. Afinal, em um mandato curto, de apenas seis meses e meio, ele terá que mostrar os motivos que o levaram a querer comandar a Casa em um momento tão complicado para a política nacional. Se tiver um bom desempenho, entra em vantagem numa disputa pela reeleição em fevereiro.

O cargo mais alto da Câmara funciona como vitrine para quem quer alçar voos mais altos, como, no seu caso, uma cadeira no Senado ou até mesmo o governo do Rio. Maia, porém, tem pela frente um calendário complicado, com Olimpíada no mês que vem, quando também começa a campanha eleitoral para as prefeituras e câmaras municipais. Além de marcar posição, o recado aos parlamentares tem como objetivo garantir quórum para votações importantes, como as medidas econômicas do governo interino de Michel Temer e o processo contra Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que pode culminar com a cassação do peemedebista.

Rodrigo Maia disse nesta quarta-feira que vai descontar do salário de quem não comparecer para votar em agosto. “É óbvio, pauta marcada, deputado tem de estar presente. Em qualquer trabalho é assim. Se você marcou uma data para que os deputados estejam aqui para votar, é importante que todos votem”, afirmou.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook