Últimas

Sam Querrey elimina Djokovic em Wimbledon; Murray avança

Número 1 do tênis mundial, o sérvio Novak Djokovic perdeu por 3 sets a 1 para o americano Sam Querrey, 41º do ranking, e foi eliminado do torneio de Wimbledon. A partida, válida pela terceira rodada, foi iniciada na sexta-feira (1º), mas só terminou no sábado após cinco paralisações devido à chuva.

A derrota encerrou a sequência do sérvio de 30 partidas sem perder em Grand Slams, e foi o primeiro revés antes das quartas de final de um Grand Slam desde 2009.

Depois de conquistar o Australia Open e Roland Garros, Djokovic tentava ganhar o terceiro Grand Slam de 2016 para se tornar o primeiro homem a conquistar os quatro maiores torneios do tênis em um só ano desde Rod Laver em 1969.

O sérvio foi campeão de Wimbledon em 2011, 2014 e 2015 e vice em 2013.

“É incrível ter conseguido derrotar Djokovic em Wimbledon. Estou muito feliz”, afirmou Querrey.

Para chegar à partida contra o sérvio, Querrey superou o brasileiro Thomaz Bellucci por 3 sets a 0 na segunda rodada.

Na sexta-feira, a partida foi paralisada e adiada para o dia seguinte enquanto Querrey vencia por 2 a 0. Na retomada, Djokovic ainda conseguiu vencer um set, mas o americano fechou a partida no quarto período.

Djokovic sugeriu, na entrevista pós-jogo, que não estavam em 100% das suas condições, mas não quis “tirar o mérito” da conquista do americano.

Djokovic e Querrey haviam se enfrentado em nove ocasiões, e o sérvio só perdeu uma.

Nas oitavas de final, Querrey vai enfrentar o francês Nicolas Mahut (51º), que venceu Pierre-Hugues Herbert.

EM CASA

O britânico Andy Murray, 2º colocado do ranking, se classificou, neste sábado (2), para a quarta rodada após vencer o australiano John Millman (67º). Ele foi campeão do torneio em 2013, sobre Djokovic.

Na próxima partida, Murray vai enfrentar o vencedor do duelo entre o australiano Nick Kyrgios (15º) e o espanhol Feliciano López (22º).


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook