Últimas

Scholes desafia Allardyce a mudar mentalidade da Inglaterra

O ex-Manchester United acredita que o maior desafio do novo treinador da seleção inglesa será melhorar as perspectivas da equipe

Paul Scholes acredita que o maior desafio de Sam Allardyce será tentar mudar a mentalidade da seleção da Inglaterra. Os Três Leões não tiveram dificuldades para se classificar para a Euro 2016, no entanto, na disputa do torneio, após uma série de exibições apáticas, acabaram derrotados pela Islândia por 2 a 1, e eliminados nas oitavas.

Roy Hodgson renunciou ao cargo de treinador da seleção inglesa  na sequência, e na última sexta-feira (22), a Associação de Futebol confirmou Allardyce como seu sucessor. Scholes ganhou 66 partidas pela Inglaterra, antes de uma aposentadoria pela seleção um pouco prematura, em 2004, e sente que os mesmos problemas que impediram a chamada “geração de ouro” durante o seu próprio tempo como jogador também estão prejudicando o time aguerrido que Allardyce herdará.

 Allardyce foi escolhido para ser o novo treinador da Inglaterra (Foto: Getty Images)

“Eu acho que é provavelmente apenas uma coisa mentalidade”, disse Scholes. “Nos dois anos que antecederam o torneio, eles venceram todos os adversários. É muito difícil com a seleção na Inglaterra. Especialmente com o campeonato sendo tão competitivo e colocando jogadores de Manchester United, Tottenham, e Arsenal juntos. Toda semana eles estão lutando para ganhar a Premier League. Portanto, é muito difícil criar um espírito de equipe.”

Scholes não tem certeza se Allardyce é que o homem certo para o trabalho, mas ele acha que os ex-Bolton Wanderers, Blackburn Rovers e Sunderland tem sido injustamente rotulado de uma forma negativa.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
“Pogba é supervalorizado” | United revela uniforme | As maiores contratações do Man Utd


“O tempo dirá, como é o caso com todos os treinadores. Acho que ele não era o único candidato Inglês. mas é criticado injustamente”, afirmou. “Se ele tem bons jogadores e vai conseguir com que eles joguem um futebol mais divertido, isso é o que nós esperamos que ele faça com a equipe de Inglaterra, construir um grande espírito de equipe.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook