Sogra brasileira do mandatário da Fórmula 1 é sequestrada em São Paulo

Aparecida Schunck e a filha, Fabiana Flosi, em Interlagos. Foto: Facebook/Reprodu
Aparecida Schunck e a filha, Fabiana Flosi, em Interlagos. Foto: Facebook/Reproduo

A sogra de Bernie Ecclestone, mandatário da Fórmula 1, a principal categoria do automobilismo mundial, foi sequestrada em São Paulo na última sexta-feira. Aparecida Schunck, de 67 anos, mãe da esposa de Ecclestone, a brasileira Fabiana Flosi, foi raptada em sua casa, no bairro de Interlagos, Zona Sul de São Paulo. Os criminosos pedem R$ 120 milhões pelo resgate.

Ecclestone é casado com Fabiana desde 2012, depois de um casamento de 25 anos com a modelo Slavica Radi%u0107. Bernie e Fabiana, de 38 anos, se conheceram no Grande Prêmio do Brasil, no Autódromo de Interlagos, em 2009. Flosi, que é advogada, trabalhava na organização da corrida brasileira.

O britânico de 85 anos é o chefe da maior categoria do automobilismo no mundo. Ele também detém atualmente os cargos de presidente e diretor-executivo da FOM (Formula One Management), a empresa que detém os direitos comerciais da F1, além de acionista do CVC – o grupo de investimento que é dono da maior parte das ações do Mundial.

Já Fabiana é formada em Direito e possui especialização em Comércio Exterior. A brasileira trabalhou na etapa de Interlagos  por 16 anos e atuou nas equipes de credenciamento, logística e marketing. Hoje, vive em Londres com o marido. Flosi também faz parte da Comisssão das Mulheres do Esporte a Motor da FIA.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook