Últimas

Supremo nega pedido para obrigar Câmara a instalar CPI da UNE

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, negou nesta quinta-feira pedido de um grupo de parlamentares do PSDB, PTB e PSC para garantir a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da União Nacional dos Estudantes (UNE). Na decisão, o ministro entendeu que a questão deve ser resolvida politicamente pela Casa e não cabe intervenção do Judiciário.

“Não cabe qualquer intervenção deste tribunal para acelerar os trabalhos parlamentares, visto que se trata de matéria submetida a critérios de ordenação dos trabalhos parlamentares, os quais, à toda a evidência, não se submetem ao crivo jurisdicional”, decidiu o ministro.

Na petição, parlamentares alegaram no Supremo que o vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão, retarda a instalação da CPI, cujos integrantes foram indicados, mas a sessão em que a comissão seria instalada foi cancelada por várias vezes no mês passado.

O requerimento de instalação da CPI foi apresentado pelo deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP). O parlamentar pede que a comissão investigue convênios entre o governo federal e a entidade entre os anos de 2011 e 2014.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook