Últimas

Tevez fica apagado no Boca Juniors e vai de vencedor a vencido


Atacante chegou ao Boca há um ano com a possibilidade de virar o ídolo máximo do clube, mas sumiu nos jogos contra o Independiente del Valle

Aos 25min do 2º tempo, o Boca Juniors perdia feio para o Independiente del Valle por 3 a 1. Todos na Bombonera sabiam que a série já estava perdida, mas o juiz marcou um pênalti para o Boca. Nicolás Lodeiro correu para pegar a bola. Carlos Tevez, em vez disso, reclamou algo com o juiz e deixou a bola para o uruguaio. O resto é história…

Mais uma vez Tevez foi pouco decisivo pelo Boca. Já tinha acontecido nas séries contra o River Plate e contra o San Lorenzo em 2015 e também na Supercopa Argentina. Contra o Del Valle, ele não esteve à altura do time equatoriano, que soube como pará-lo.

Números de Tevez na Libertadores 2016:

Tevez carrega consigo um peso que não tem nada a ver com ele, mas que terá que continuar carregando. É o último ídolo em atividade daquela geração formada no início dos anos 2000. E pode ser ainda o único a tirar de Juan Román Riquelme a coroa que ele mostra com o orgulho. Poderia ter feito isso na Bombonera, nesta quinta-feira (14), com o próprio Riquelme assistindo no estádio. Mas ficou apagado em campo.

Os rumores se instalaram rapidamente. Uma derrota com tamanho peso emocional convidaria qualquer jogador a sair. O que ele vai ganhar? Outra Copa da Argentina? Outro campeonato? A revanche na Libertadores, por enquanto, tem que esperar, pois o Boca ainda não está classificado para a próxima edição. E agora?


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook