Últimas

Título do Grand Prix tira um peso dos ombros das brasileiras rumo ao Rio

Desde Londres-2012, quando foi batida pela seleo brasileira na final, a equipe dos EUA considerada a melhor do mundo. Foi superada na final olmpica, e mesmo assim de Jos Roberto Guimares s jogadoras a opinio era a mesma: as americanas chegaro aos Jogos do Rio como favoritas ao ouro.

Pois a vitria das bicampes olmpicas na final do Grand Prix, neste domingo (10), na Tailndia, por 3 sets a 2, mostra que em quadra o discurso outro.

Mais do que o 11 da ttulo seleo brasileira, o oitavo sob o comando de Z Roberto na competio, a vitria no Grand Prix quebra uma sequncia negativa do Brasil contra os EUA em grandes competies.

No Mundial de 2014, as brasileiras foram derrotadas pelas americanas (campes contra a China) por 3 sets a 0. No Grand Prix do ano passado, outra derrota das comandadas de Z Roberto, na deciso do ouro na casa das americanas (desta vez, porm, o Brasil jogava com um um time misto, devido ao Pan de Toronto).

Ou seja, a vitria deste domingo tira um peso dos ombros das brasileiras rumo aos Jogos do Rio –na qual as duas selees so as favoritas a fazerem a final. A China, hoje terceira potncia rumo Olimpada, poupou algumas de suas principais atletas no Grand Prix justamente em razo da Olimpada carioca.

EUA e China esto no mesmo grupo na Olimpada (ao lado de Srvia, Itlia, Holanda e Porto Rico). O Brasil est do outro lado da chave (com Rssia, Japo, Coreia do Sul, Argentina e Camares). Se as projees se confirmarem, com americanas e brasileiras na liderana dos grupos, um novo confronto ocorrer apenas na final.

At l, as brasileiras tero uma semana de folga at o retorno aos treinos em casa e os ltimos cortes ocorrero para definir as 12 que jogaro no Rio.

At l, o discurso pode at ser mantido, elogiando o trabalho do tcnico americano Karch Kiraly (melhor comandante que Z Roberto? No), a quantidade de boas jogadoras espalhadas pelo mundo que ele teve disposio para formar seu grupo (a uma vantagem americana, apesar de no terem um campeonato nacional, apenas universitrio), a qualidade das centrais Adams e Akinradewo (so melhores que Thasa e Fabiana? No), o talento da levantadora Alisha Glass (melhor que Dani Lins? No), entre outras comparaes entre ponteiras, opostas e lberos (lembrando que a Natlia foi eleita a melhor jogadora do Grand Prix neste domingo).

At l, at o dia 6 de agosto (quando estreiam no Rio) ou at dia 20 de agosto (dia da deciso do ouro), muito poder ser falado, analisado, questionado, mas em quadra, a ltima resposta quem deu foi o Brasil, e o discurso com a bola nas mos foi de favorita ao tricampeonato olmpico.


Fonte: Folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook