Últimas

Tocha Olímpica passa pela Grande SP e uma pessoa é detida pela PM

O revezamento da chama olímpica passa hoje (23) por quatro cidades da Grande São Paulo. No seu 82º dia, o revezamento começou bem cedo, em Guarulhos e, neste momento percorre as ruas de São Caetano do Sul e também por Santo André e São Bernardo do Campo. Neste sábado serão percorridos 39,8 km e será conduzida por 193 pessoas.

Em Guarulhos ocorreu um incidente. Uma pessoa tentou invadir o local delimitado pela passagem da tocha e foi detido por policiais. À reportagem da Agência Brasil, a Polícia Militar disse que o caso ocorreu por volta das 10h50 de hoje e que a pessoa foi encaminhada para o 1º Distrito Policial, em Guarulhos. A polícia não deu mais informações.

A Polícia Militar explicou que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado na manhã de hoje por suspeita de um artefato explosivo em um dos locais que a tocha passará em São Bernardo do Campo . O pacote foi detonado e, segundo a PM, não se tratava de explosivo. Até por volta das 12h30, não houve outros incidentes envolvendo a passagem da Tocha Olímpica pela Grande São Paulo, informou a PM.

Um dos destaques do dia é o ginasta Arthur Zanetti, um dos favoritos ao ouro olímpico na prova de argolas da ginasta artística, e que vai levar a tocha olímpica em São Caetano do Sul, cidade onde ele treina e está se preparando para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Capital paulista

Amanhã (24) a tocha chega à capital paulista, em um percurso de cerca de 55 km, e será conduzida por 275 pessoas. Na capital, o revezamento terá início por volta das 7h45, no Museu do Ipiranga e o percurso inicial será feito de skate. Por volta das 10h da manhã, o comboio passará pela Avenida Paulista e, às 16h, ela chega ao Estádio do Pacaembu, onde haverá uma celebração com a participação de crianças e 150 ex-atletas olímpicos. O encerramento do revezamento ocorrerá no Sambódromo, por volta das 19h, com shows musicais.

Ontem (22), a tocha olímpica esteve no litoral paulista passando por São Vicente, Praia Grande, Santos e Guarujá. Em Santos, o evento contou com a participação de Pelé, que recebeu a tocha dentro do museu que leva o seu nome, em Santos. Na cidade, a tocha foi conduzida por 103 pessoas, em um percurso de 23 km.

A tocha

Cerca de 12 mil brasileiros de 330 municípios deverão carregar a tocha olímpica. A jornada da chama começou no dia 21 de abril, na cidade de Olímpia, na Grécia, berço dos Jogos Olímpicos. No dia 3 de maio ela chegou a Brasília, onde deu início ao revezamento, que será encerrado no dia 5 de agosto, no Rio de Janeiro, com o acendimento da Pira Olímpica durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook