Últimas

Alcácer, de estrela do Valencia a suplente do MSN

O atacante é o único que não aspira ser titular e aceita ser o ‘reserva de luxo’ de Messi, Suárez e Neymar

O Barcelona já tem o atacante que queria. Ou, pelo menos, o único que aceitou ser suplente de Lionel Messi, Luis Suárez e Neymar. Aos 23 anos, Paco Alcácer se tornou a sexta contratação do Barcelona para a temporada 2016/17, e será o ‘reserva de luxo’ do melhor tridente mundo.

Com isso, o clube catalão agora tem o “quarto atacante” que estava em busca desde que Pedro Rodriguez deixou o Camp Nou um ano atrás. Mas como ele se ajustará no esquema de Luis Enrique?

O treinador disse há duas semanas que “não se importa se o atacante não tenha um grande passado, desde que ele seja rápido e faça gols”. Um pouco como o próprio Pedro ou Ludovic Giuly, por exemplo. Um perfil mais “classe média”, alguém que assuma a reserva de três fora de série. Portanto, nesta temporada veremos o ex-jogador do Valencia em diversas posição de ataque do Barcelona, ​​dependendo principalmente de quem estará ausente, o que mudará a abordagem em campo.

Por exemplo, se Neymar estiver ausente, Alcácer deve ser incorporado na ala esquerda. Sem o brasileiro em campo, a equipe também pode sofrer alterações e ir para o 4-4-2 para deixar Alcacer na área, e ter Messi como meia-atacante.

No entanto, esta será uma solução bem pontual. O Barcelona joga com um 4-3-3 apesar de trabalhar em variantes, como já mencionado. A posição natural de Alcácer é como atacante centralizado, mais próximo da posição do uruguaio.

No entanto, também é possível que Messi se ausente. Assim Alcácer pode jogar na direita, ou usar a variante 4-4-2, mas com Neymar no lugar do argentino. Em todo caso, a maior incógnita é como será a adaptação de um jovem atacante em uma equipe que já está em sintonia e que além disso, ele não terá muito tempo como titular. 

O fato é que, agora, Luis Enrique já tem o elenco que tanto sonhava.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Messi treina pela Argentina | Contratações que nunca veremos | Tremei, Neymar



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook