Últimas

Alisson, Grohe ou Weverton, quem deve ser o titular de Tite?

Confira o momento vivido por cada um dos três goleiros convocados pelo treinador para os jogos contra Equador e Colômbia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018

A Seleção Brasileira terá dois adversários complicados pela frente a partir da próxima semana. Primeiro encara o Equador, na altitude de Quito, na próxima quinta-feira(1), depois a Colômbia, no dia 6, em Manaus.

 

Duelos que marcarão os primeiros jogos de Tite sob o comando da Canarinho e de extrema importância para o Brasil rumo à Copa do Mundo da Rússia em 2018.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Jesus ou Gabigol: Quem irá brilhar? | Confrontos definidos na UCL | Pep explica situação com Hart


 

Para estes dois importantes compromissos o treinador convocou três goleiros: Alisson, da Roma, Marcelo Grohe, do Grêmio, e Weverton, do Atlético-PR.

 

Abaixo, a Brasil Global Tour analisa o momento de cada um dos três arqueiros convocados.

 


ALISSON



(Foto: Getty Images)

 

Alisson teve uma ascensão meteórica na carreira – em menos de um ano conquistou a vaga de titular da Seleção Brasileira e se transferiu para o futebol italiano. 

 

Sob o comando do técnico Dunga, o goleiro entrou no lugar de Jefferson( até então o titular da meta brasileira) e não saiu mais da posição. Tudo isso em 2015 durante as Eliminatórias para a Copa do Mundo.

 

Em 2016, seguiu sendo o preferido do comandante, foi o titular durante a Copa América Centenário e mesmo depois de uma falha contra o Equador foi garantido na vaga. 

 

Desembarcou no futebol italiano após a competição continental para defender a Roma. Foi titular do primeiro jogo entre o time italiano e o Porto pelos playoffs da Liga dos Campeões. As duas equipes empataram em 1 a 1. Na estreia do Campeonato Italiano não foi escalado, já que o treinador optou por levar a campo um time alternativo. Mas no jogo da volta contra o Porto ficou no banco de reservas e viu a equipe ser eliminada pelo time lusitano.

 

Ao todo desde que deixou o Internacional, Alisson soma apenas três jogos pela Roma, sendo dois deles na pré-temporada. 

 


MARCELO GROHE



(Foto: Getty Images)

 

Há tempos vem brilhando com a camisa do Grêmio. Aos 29 anos vive talvez seu melhor momento na equipe que o revelou para o futebol. Após corte de Ederson esteve no grupo que disputou a Copa América Centenário, mas não chegou a entrar em campo.

 

É um dos pilares da boa campanha do time gaúcho no Campeonato Brasileiro. E está jogando em alto nível há pelo menos uns quatro anos.

 

Números de Grohe no Brasileirão:

 

Agrada ao técnico Tite e por estar em atividade desde o início do ano (já são 41 jogos pelo Grêmio em 2016,)pode ser uma excelente opção para começar a partida.

 

Dos 41 jogos disputados esse ano, Grohe sofreu 43 gols e soma 22 vitórias, 9 empates e 10 derrotas.

 


WEVERTON



(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

Weverton foi chamado às pressas por Micale para substituir Fernando Prass, cortado da Seleção Olímpica por conta de lesão, coincidentemente um dia depois de Tite acompanhar uma partida do Atlético-PR. 

 

Apesar de não ter sido muito exigido durante a competição olímpica, Weverton teve boa atuação na final e pegou um pênalti decisivo para a conquista brasileira.

 

Números de Weverton no Brasileirão:

 

Além disso, vive ótima fase com a camisa do Furacão, é um dos destaques do time de Carpegiani e uma das lideranças também. É hoje o maior pegador de pênaltis no Brasil.

 

Na atual temporada soma 59 jogos com 56 gols sofridos, 29 vitórias, 16 empates e 14 derrotas.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook