Últimas

Após multa da UEFA, torcedores do Celtic fazem ‘vaquinha’ para ajudar a Palestina

O clube escocês foi multado em 100 mil libras pela presença de bandeiras palestinas no jogo de ida contra time de Israel

O Celtic se classificou para a fase de grupos da Champions League, nesta terça-feira (23), de maneira dramática. Os escoceses foram derrotados por 2 a 0 pelo Hapoel Be’er Sheva, em Israel, mas avançaram graças ao placar de 5 a 2 em Glasgow.

Só que a grande história do confronto é contada fora dos gramados.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Pato lamenta eliminação | Resumão da terça de Champions | Porto bate a Roma


Antes do jogo de ida, torcedores da equipe escocesa marcharam em prol da causa palestina até o estádio. Quando a partida começou, a Green Brigade, uma das torcidas organizadas do clube, levantou inúmeras bandeiras da Palestina.

A manifestação dos torcedores, na última quarta-feira (17) (Foto: Getty Images)

A UEFA decidiu multar os escoceses em 100 mil libras (cerca de R$ 426 mil) por levantar um “banner ilícito”. Foi a nona punição da entidade europeia atribuída ao Celtic nos últimos cinco anos, por causa do comportamento dos torcedores. Só que desta vez a respostas foi surpreendente.

Os torcedores fizeram uma grande campanha na internet e já conseguiram mais de 100 mil libras em doações que serão destinadas a duas organizações de caridade na Palestina (uma de cunho médico, outra que estimula a cultura).

Usando a hashtag #matchthefineforpalestine, a Green Brigade divulgou um texto no qual afirma, também, que o dinheiro vai ajudar na compra de uniformes de futebol que serão doados para um campo de refugiados. A equipe, das categorias de base de Belém, será chamada de Aida Celtic. Nesta terça-feira (23), a polícia de Israel recebeu instruções para não permitir que torcedores do Celtic entrassem no estádio com a bandeira da Palestina.

Além de todas as conquistas dentro dos gramados, o Celtic também é conhecido pelo caráter católico de seus torcedores. Na Escócia, o clássico contra o Rangers (conhecido como Old Firm) é um dos mais tensos do mundo exatamente pela questão religiosa, já que o adversário conta com maioria quase absoluta de torcedores protestantes.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook