Últimas

Atletas se despedem da Rio 2016 e fazem avaliação do Brasil

EGO esteve no aeroporto internacional Tom Jobim e conversou com atletas de 10 países.

Atletas no aeroporto do Galeão (Foto: Roberto Teixeira / Ego)Matyas Szabo, atleta da Alemanha, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Foto: Roberto Teixeira / Ego)

A olimpíada acabou e já está deixando saudade não só para os cariocas como para os atletas dos 186 países que estiveram no Brasil para participar dos jogos. Nesta segunda-feira, 22, o EGO esteve no aeroporto internacional Tom Jobim para saber o que eles mais gostaram do nosso país, o que acharam que podia melhorar e, claro, saber se têm vontade de voltar ao Rio.

Gloria Hooper, atleta italiana que fez a prova de 200m no atletismo, diz que está satisfeita com o que viu, mas acha que o povo brasileiro é um pouquinho atrasado “Se pudesse apontar algo para melhorar seria na organização. Eles são um pouquinho atrasados. Marcam com você 13h15 e chegam 13h45, essas coisas. Mas no geral gostei muito. As pessoas são muito simpáticas, amáveis, querem tirar foto sem nem saber quem é você”, brincou.

Já o esgrimista alemão Matyas Szabo, gostou da atmosfera na Vila dos Atletas. “O clima lá era excelente. Fora da vila também. A torcida era impecável, claro que tem algumas coisas que precisam melhorar, mas não consigo te apontar nada específico.

Se tem uma coisa que o atleta de badminton da Malásia, Goh V Shem não gostou no Rio, definitivamente foi o calor. E ele se surpreendeu ao saber que estamos no inverno. “Aqui é muito calor, isso atrapalhou um pouquinho. Não acredito que não estão na estação mais quente”, riu.

Atletas no aeroporto do Galeão (Foto: Roberto Teixeira / Ego)Gloria Hooper, atleta da Itália, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Foto: Roberto Teixeira / Ego)
Atletas no aeroporto do Galeão (Foto: Roberto Teixeira / Ego)Goh V Shem, atleta da Malásia, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Foto: Roberto Teixeira / Ego)

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook