Últimas

Brasil 0 x 0 Iraque: Seleção não regula, empata sem gols e deixa o Mané Garrincha vaiada

Com atuação muito ruim do setor ofensivo, equipe liderada por Neymar passa em branco pela segunda vez consecutiva nos Jogos Olímpicos

Decepção! Não há outra palavra para definir a atuação do Brasil contra o Iraque, neste domingo (8), pela segunda rodada do Grupo A dos Jogos Olímpicos. O segundo empate sem gols – 0 a 0 – consecutivo não convenceu quem assistiu ao confronto. Não é à toa que a torcida que foi ao estádio Mané Garrincha, em Brasília, vaiou bastante o time mandante.


Seleção Brasileira decepciona novamente e apenas empata com o Iraque (Foto: Lucas Figueiredo/MoWa Press)

Com o resultado, a equipe comandada por Rogério Micale precisa de um triunfo diante da Dinamarca, na próxima quarta-feira, na Arena Fonte Nova, para chegar à próxima fase da Olimpíada 2016. Caso tropece, terá que torcer por uma combinação de resultados no duelo entre Iraque e África do Sul.

O principal nome da Seleção Brasileira no primeiro tempo foi Gabriel Jesus. O atacante que pertence ao Palmeiras teve ótimas oportunidades, mas parou na falta de pontaria e nas ótimas intervenções de Mohammed Hameed. As principais chances do primeiro tempo, contudo, foram um chute de Renato Augusto no travessão e um cabeceio de Abdul-Raheem no poste esquerdo de Weverton.


Gabriel Jesus desperdiçou as melhores oportunidades diante do Iraque (Foto: Lucas Figueiredo/MoWa Press)

Na volta do intervalo, Rogério Micale modificou a forma de atuar do Brasil. A entrada de Luan na vaga de Felipe Anderson foi uma tentativa de deixar a equipe mais ofensiva. A alteração, contudo, não surtiu efeito. Neymar e Gabriel Barbosa decepcionaram e desperdiçaram as melhores chances. Fechado, o Iraque não fez muito além de se defender. Renato Augusto, nos minutos finais, perdeu uma oportunidade incrível.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook