Últimas

Campanha municipal começa oficialmente na terça-feira

Em pouco mais de 24 horas, sete candidatos começam a maratona em busca da confiança do eleitor recifense. A campanha eleitoral inicia-se oficialmente nesta terça-feira. A partir daí, serão 45 dias de trabalho. Pouco tempo se comparado à eleição passada, quando os concorrentes tinham um período mais extenso (90 dias) para andar pela cidade, apresentar propostas e chegar mais perto da população. Na corrida pela Prefeitura do Recife, as equipes dos candidatos trabalham na produção do primeiro evento da campanha quando é dado o pontapé inicial da disputa.

Até a última sexta-feira, alguns postulantes ainda discutiam os últimos detalhes do evento. Além do cuidado para idealizar o formato, também existe a preocupação de não antecipar informações aos adversários. Mas, na maioria dos casos,  a tendência é organizar um ato político que transmita o foco que será dado à campanha.

Em busca do terceiro mandato à frente do governo municipal, o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) vai começar sua campanha participando de uma Ciranda Cultural. O encontro é um dos desdobramentos da Ciranda da Cidade, que tem como objetivo reunir a sociedade civil para colher propostas e debater ideias sobre a cidade. A mobilização será realizada no Espaço Experimental, na Rua Tomazina, 199, Bairro do Recife, a partir das 19h.

O candidato do PV, Carlos Augusto Costa, por sua vez, programou uma ação mais simples para dar início à sua campanha do que havia planejada inicialmente. A ideia era que ele participasse de uma barqueata em defesa da preservação do Rio Capibaribe, indo do bairro do Poço da Panela até a Vila de Santa Luzia, na Torre. A iniciativa, no entanto, foi adiada.

Carlos Augusto optou por iniciar as atividades com a inauguração do comitê, localizado na Avenida Conde da Boa Vista, a partir das 16h. A militância da legenda vai pintar o muro do casarão como parte das atividades que dão a partida na campanha eleitoral do candidato verde.

Na festa, serão apresentados vídeo sobre o candidato, o slogan Pra renovar o Recife, jingle e a vinheta  da campanha, que dará prioridade às ruas e às redes sociais. O investimento na mídia virtual, segundo sua assessoria, é para suprir o tempo do guia eleitoral do partido,  estimado em apenas meio minuto.

Já a candidata do PSTU, Simone Santana, decidiu iniciar sua trajetória para conquistar a prefeitura no Dia Nacional de Lutas, paralisações e protesto organizado pelas centrais sindicais contra a PL 257 e PEC 241(da renegociação da dívida dos estados com a União), que impõem regras contra o funcionalismo público. A mobilização também será contra o presidente interino Michel Temer (PMDB).

Na disputa majoritária pela segunda vez (a primeira foi em 2012), o candidato do PSDB, Daniel Coelho, informou, por meio de sua assessoria, que somente neste final de semana a coordenação da campanha baterá o martelo sobre o primeiro evento de sua campanha.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que vai tentar a reeleição, repetindo a dobradinha com Luciano Siqueira na vice, não enviou informações a respeito da primeira agenda dele na disputa. A mesma questão ocorreu em relação a Priscila Krause (DEM) e Edilson Silva (PSol).

RECIFE

Geraldo Julio (PSB)
vice: Luciano Siqueira (PCdoB)

Atual prefeito do Recife. É formado em administração de empresas pela Universidade de Pernambuco (UPE), com especialização em gestão pública. De 2007 a 2012 foi secretário de Planejamento e Gestão, de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape. Deixou o governo para disputar sua primeira eleição, conquistando a Prefeitura do Recife no 1º turno.

Coligação
Frente Popular do Recife
PSB/PCdoB/PMDB/PSD/PDT/PR/PP/PPS/Rede/SD/PTC/PMB/PEN/PPL/PRTB/PSDC/PSC/PROS/PHS/PRP

Priscila Krause (PMDB)
vice: Alcides Cardoso (PMN)

Vereadora do Recife por três mandatos (2004/2008/2012), a democrata tentará primeira vez conquistar a Prefeitura do Recife. Formada em jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), exerce o primeiro mandato de deputada estadual. Foi eleita em 2014. Priscila é filha do ex-governador de Pernambuco Gustavo Krause.

Coligação
Frente Popular do Recife
DEM/PMN

Carlos Augusto (PV)
vice: Jaques Ribemboim (PV)

O candidato do PV é o primeiro nome do partido a disputar uma eleição para a Prefeitura do Recife. Tem 30 anos de militância na legenda. É suplente do senador Fernando Bezerra (PSB), que foi eleito em 2014. Carlos Augusto é engenheiro eletrônico e atualmente  é diretor-adjunto licenciado da Fundação Getulio Vargas.

Coligação
PV

João Paulo (PT)
vice: Silvio Costa Filho (PRB)

Ex-prefeito do Recife, busca chegar à sua terceira eleição à prefeitura. Foi eleito em 2000, sendo reeleito em 2004. Formado em economia pela Faculdade de Boa Viagem, construiu sua trajetória política a partir da eleição para vereador em 1988. Também exerceu o cargo de deputado estadual e federal. A última função pública foi de superintendente da Sudene.

Coligação
Recife pela Democracia
PT/PRB/PTB/PTdoB/PTN

Daniel Coelho (PSDB)
vice Sérgio Bivar (PSL)

É formado em Administração pela Universidade de Pernambuco (UPE). Começou a carreira política como vereador do Recife, exercendo dois mandatos (2004/2008). Em 2010, foi eleito deputado estadual e, em 2014, deputado federal. Esta é segunda vez que o candidato tucano tenta conquistar a Prefeitura do Recife.  Ele disputou em 2012, ficando em segundo lugar.

Coligação
Frente Popular do Recife
PSDB/PSL

Edilson Silva (PSol)
vice: Luciana Cavalcanti (PSol)

Primeiro deputado estadual eleito (2014) pelo PSol em Pernambuco. Iniciou sua militância no movimento estudantil na década de 1980. É técnico industrial. Disputou a eleição para governador nas disputas de 2006 e 2010 e para a Prefeitura do Recife em 2008. É natural de Resende, no Rio de Janeiro. Chegou em Pernambuco na década de 1990.

Coligação
PSol

Simone Fontana (PSTU)
vice: José Mariano (PSTU)

Tem um histórico de luta ao lado dos trabalhadores da educação do estado e do Recife. É professora e dirigente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino. Na eleição de 2014, foi candidata ao Senado na chapa encabeçada por Jair Pedro, que disputou o governo do estado. Obteve 0,14% dos votos (5.689). Já havia passado anteriormente pelo teste nas urnas ao tentar, sem sucesso, uma vaga à Câmara do Recife – obteve 413 votos.

Coligação
Recife para os Trabalhadores
somente o PSTU

OLINDA

Luciana Santos (PCdoB)
vice: Álvaro Ribeiro (PSD)

Presidente nacional do PCdoB. Engenheira eletricista, ela tem 47 anos e ingressou no partido em 1987. Atualmente é deputada federal, mas foi prefeita de Olinda entre os anos de 2000 e 2008, quando elegeu seu sucessor, Renildo Calheiros, também do PCdoB. Luciana também foi secretária de Ciência e Tecnologia de Pernambuco de 2009 a 2010.

Coligação
Olinda Frente Popular
PCdoB / PSD / PDT / PP / PRTB

Izabel Urquiza (PSDB)
vice: André Siqueira (PSL)

Formada em direito com especialização em gestão pública, é concursada da Caixa Econômica desde os 18 anos. Foi secretária de Turismo do estado por um ano, de onde saiu para tentar pela segunda vez a Prefeitura de Olinda. Em 2012, ficou na 2ª colocação com 81.991 votos. Ela é filha da ex-prefeita de Olinda Jacilda Urquiza e do ex-deputado estadual Hélio Urquiza.

Coligação
Mudança de Verdade
PSDB/ PSL / DEM / PMN

Professor Lupércio (SD)
vice: Márcio Botelho (SD)

Eleito para o primeiro mandato de deputado estadual em 2014,  é vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa e membro da Comissão de Administração. Foi eleito vereador de Olinda por dois mandatos.É professor de matemática, pós-graduado, e lecionou por alguns anos na rede pública estadual. Ainda militou no movimento estudantil.

Coligação
Solidariedade

Teresa Leitão (PT)
vice: Gilberto Sobral (PRB)

É professora por formação, deputada estadual pelo quarto mandato consecutivo e presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Pernambuco, além de integrar outras comissões da Casa. Atualmente é vice-líder da bancada de Oposição e uma das poucas candidatas a prefeita de Olinda que não faz parte da base do governador Paulo Câmara.

Coligação
Olinda Quero Avançar
PT/ PRB / PTB / PTN / PTdoB

Antônio Campos (PSB)
vice: Conceição Silva “Ceça” (PHS)

Neto do ex-governador Miguel Arraes e irmão do ex-governador Eduardo Campos, Antônio Campos, conhecido como Tonca, é poeta, escritor, advogado, editor e empresário. Preside o Instituto Maximiano Campos (IMC) e é curador da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto). Atuava nos bastidores da política e disputa pela primeira vez um cargo público.

Coligação
Muda Olinda
PSB / PHS / PMB / PR / Rede / PPL / Pros / PSC / PSDC /
PPC / PEN

João Luiz (PPS)
vice: Uyrandêi de Medeiros Lemos (PPS)

Servidor de carreira da Secretaria da Fazenda e ex-vereador de Olinda, João Luiz é formado em direito e pós-graduado em gestão pública e administração de projetos sociais. Em 2014, João Luiz foi candidato a deputado estadual e foi um dos mais votados de Olinda, com mais de sete mil votos. Na época, era filiado pelo PSB, onde militou por muitos anos.

Coligação
PPS

Ricardo Costa (PMDB)
vice: Antonio Cosmo “Tota” (PRP)

Empresário da comunicação gráfica desde 1978, foi eleito pela primeira vez como deputado estadual em 2010 pelo PTC. Atualmente é líder do PMDB na Assembleia. É membro titular da Comissão de Justiça da Casa. Costa já foi vice-presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) e fundou a Federação Nacional das Empresas de Propaganda Exterior.

Coligação
Inovar para Mudar
PMDB / PRP

Jesualdo Campos (PSol)
vice: Professor Jorginho (PCB)

É bacharel em Direito pela Unicap. Atuou como advogado de sindicatos de trabalhadores e fundou seu próprio escritório, o Campos & Delano Advogados Associados. Jesualdo participou ainda do movimento estudantil, chegando à presidência do DCE da Unicap. Em 2010, foi um dos coordenadores da campanha presidencial de Plínio de Arruda Sampaio.

Coligação
PSol e PCB

Gustavo Rosas (PV)
vice: Thiago Marinho (PV)

Médico concursado da Prefeitura de Olinda, ambientalista e militante há 12 anos do GreenPeace, grupo internacional de defesa do meio ambiente. Gustavo Rosas tem 39 anos é membro da Sociedade Brasileira de Bioética e está há três anos no Partido Verde. Já disputou a Prefeitura de Olinda uma vez, em 2008, pelo PRP.

Coligação
Partido VerdeEm pouco mais de 24 horas, sete candidatos começam a maratona em busca da confiança do eleitor recifense. A campanha eleitoral inicia-se oficialmente nesta terça-feira. A partir daí, serão 45 dias de trabalho. Pouco tempo se comparado à eleição passada, quando os concorrentes tinham um período mais extenso (90 dias) para andar pela cidade, apresentar propostas e chegar mais perto da população. Na corrida pela Prefeitura do Recife, as equipes dos candidatos trabalham na produção do primeiro evento da campanha quando é dado o pontapé inicial da disputa.

Até a última sexta-feira, alguns postulantes ainda discutiam os últimos detalhes do evento. Além do cuidado para idealizar o formato, também existe a preocupação de não antecipar informações aos adversários. Mas, na maioria dos casos,  a tendência é organizar um ato político que transmita o foco que será dado à campanha.

Em busca do terceiro mandato à frente do governo municipal, o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) vai começar sua campanha participando de uma Ciranda Cultural. O encontro é um dos desdobramentos da Ciranda da Cidade, que tem como objetivo reunir a sociedade civil para colher propostas e debater ideias sobre a cidade. A mobilização será realizada no Espaço Experimental, na Rua Tomazina, 199, Bairro do Recife, a partir das 19h.

O candidato do PV, Carlos Augusto Costa, por sua vez, programou uma ação mais simples para dar início à sua campanha do que havia planejada inicialmente. A ideia era que ele participasse de uma barqueata em defesa da preservação do Rio Capibaribe, indo do bairro do Poço da Panela até a Vila de Santa Luzia, na Torre. A iniciativa, no entanto, foi adiada.

Carlos Augusto optou por iniciar as atividades com a inauguração do comitê, localizado na Avenida Conde da Boa Vista, a partir das 16h. A militância da legenda vai pintar o muro do casarão como parte das atividades que dão a partida na campanha eleitoral do candidato verde.

Na festa, serão apresentados vídeo sobre o candidato, o slogan Pra renovar o Recife, jingle e a vinheta  da campanha, que dará prioridade às ruas e às redes sociais. O investimento na mídia virtual, segundo sua assessoria, é para suprir o tempo do guia eleitoral do partido,  estimado em apenas meio minuto.

Já a candidata do PSTU, Simone Santana, decidiu iniciar sua trajetória para conquistar a prefeitura no Dia Nacional de Lutas, paralisações e protesto organizado pelas centrais sindicais contra a PL 257 e PEC 241(da renegociação da dívida dos estados com a União), que impõem regras contra o funcionalismo público. A mobilização também será contra o presidente interino Michel Temer (PMDB).

Na disputa majoritária pela segunda vez (a primeira foi em 2012), o candidato do PSDB, Daniel Coelho, informou, por meio de sua assessoria, que somente neste final de semana a coordenação da campanha baterá o martelo sobre o primeiro evento de sua campanha.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), que vai tentar a reeleição, repetindo a dobradinha com Luciano Siqueira na vice, não enviou informações a respeito da primeira agenda dele na disputa. A mesma questão ocorreu em relação a Priscila Krause (DEM) e Edilson Silva (PSol).

RECIFE

Geraldo Julio (PSB)
vice: Luciano Siqueira (PCdoB)

Atual prefeito do Recife. É formado em administração de empresas pela Universidade de Pernambuco (UPE), com especialização em gestão pública. De 2007 a 2012 foi secretário de Planejamento e Gestão, de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape. Deixou o governo para disputar sua primeira eleição, conquistando a Prefeitura do Recife no 1º turno.

Coligação
Frente Popular do Recife
PSB/PCdoB/PMDB/PSD/PDT/PR/PP/PPS/Rede/SD/PTC/PMB/PEN/PPL/PRTB/PSDC/PSC/PROS/PHS/PRP

Priscila Krause (PMDB)
vice: Alcides Cardoso (PMN)

Vereadora do Recife por três mandatos (2004/2008/2012), a democrata tentará primeira vez conquistar a Prefeitura do Recife. Formada em jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), exerce o primeiro mandato de deputada estadual. Foi eleita em 2014. Priscila é filha do ex-governador de Pernambuco Gustavo Krause.

Coligação
Frente Popular do Recife
DEM/PMN

Carlos Augusto (PV)
vice: Jaques Ribemboim (PV)

O candidato do PV é o primeiro nome do partido a disputar uma eleição para a Prefeitura do Recife. Tem 30 anos de militância na legenda. É suplente do senador Fernando Bezerra (PSB), que foi eleito em 2014. Carlos Augusto é engenheiro eletrônico e atualmente  é diretor-adjunto licenciado da Fundação Getulio Vargas.

Coligação
PV

João Paulo (PT)
vice: Silvio Costa Filho (PRB)

Ex-prefeito do Recife, busca chegar à sua terceira eleição à prefeitura. Foi eleito em 2000, sendo reeleito em 2004. Formado em economia pela Faculdade de Boa Viagem, construiu sua trajetória política a partir da eleição para vereador em 1988. Também exerceu o cargo de deputado estadual e federal. A última função pública foi de superintendente da Sudene.

Coligação
Recife pela Democracia
PT/PRB/PTB/PTdoB/PTN

Daniel Coelho (PSDB)
vice Sérgio Bivar (PSL)

É formado em Administração pela Universidade de Pernambuco (UPE). Começou a carreira política como vereador do Recife, exercendo dois mandatos (2004/2008). Em 2010, foi eleito deputado estadual e, em 2014, deputado federal. Esta é segunda vez que o candidato tucano tenta conquistar a Prefeitura do Recife.  Ele disputou em 2012, ficando em segundo lugar.

Coligação
Frente Popular do Recife
PSDB/PSL

Edilson Silva (PSol)
vice: Luciana Cavalcanti (PSol)

Primeiro deputado estadual eleito (2014) pelo PSol em Pernambuco. Iniciou sua militância no movimento estudantil na década de 1980. É técnico industrial. Disputou a eleição para governador nas disputas de 2006 e 2010 e para a Prefeitura do Recife em 2008. É natural de Resende, no Rio de Janeiro. Chegou em Pernambuco na década de 1990.

Coligação
PSol

Simone Fontana (PSTU)
vice: José Mariano (PSTU)

Tem um histórico de luta ao lado dos trabalhadores da educação do estado e do Recife. É professora e dirigente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino. Na eleição de 2014, foi candidata ao Senado na chapa encabeçada por Jair Pedro, que disputou o governo do estado. Obteve 0,14% dos votos (5.689). Já havia passado anteriormente pelo teste nas urnas ao tentar, sem sucesso, uma vaga à Câmara do Recife – obteve 413 votos.

Coligação
Recife para os Trabalhadores
somente o PSTU

OLINDA

Luciana Santos (PCdoB)
vice: Álvaro Ribeiro (PSD)

Presidente nacional do PCdoB. Engenheira eletricista, ela tem 47 anos e ingressou no partido em 1987. Atualmente é deputada federal, mas foi prefeita de Olinda entre os anos de 2000 e 2008, quando elegeu seu sucessor, Renildo Calheiros, também do PCdoB. Luciana também foi secretária de Ciência e Tecnologia de Pernambuco de 2009 a 2010.

Coligação
Olinda Frente Popular
PCdoB / PSD / PDT / PP / PRTB

Izabel Urquiza (PSDB)
vice: André Siqueira (PSL)

Formada em direito com especialização em gestão pública, é concursada da Caixa Econômica desde os 18 anos. Foi secretária de Turismo do estado por um ano, de onde saiu para tentar pela segunda vez a Prefeitura de Olinda. Em 2012, ficou na 2ª colocação com 81.991 votos. Ela é filha da ex-prefeita de Olinda Jacilda Urquiza e do ex-deputado estadual Hélio Urquiza.

Coligação
Mudança de Verdade
PSDB/ PSL / DEM / PMN

Professor Lupércio (SD)
vice: Márcio Botelho (SD)

Eleito para o primeiro mandato de deputado estadual em 2014,  é vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa e membro da Comissão de Administração. Foi eleito vereador de Olinda por dois mandatos.É professor de matemática, pós-graduado, e lecionou por alguns anos na rede pública estadual. Ainda militou no movimento estudantil.

Coligação
Solidariedade

Teresa Leitão (PT)
vice: Gilberto Sobral (PRB)

É professora por formação, deputada estadual pelo quarto mandato consecutivo e presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Pernambuco, além de integrar outras comissões da Casa. Atualmente é vice-líder da bancada de Oposição e uma das poucas candidatas a prefeita de Olinda que não faz parte da base do governador Paulo Câmara.

Coligação
Olinda Quero Avançar
PT/ PRB / PTB / PTN / PTdoB

Antônio Campos (PSB)
vice: Conceição Silva “Ceça” (PHS)

Neto do ex-governador Miguel Arraes e irmão do ex-governador Eduardo Campos, Antônio Campos, conhecido como Tonca, é poeta, escritor, advogado, editor e empresário. Preside o Instituto Maximiano Campos (IMC) e é curador da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto). Atuava nos bastidores da política e disputa pela primeira vez um cargo público.

Coligação
Muda Olinda
PSB / PHS / PMB / PR / Rede / PPL / Pros / PSC / PSDC /
PPC / PEN

João Luiz (PPS)
vice: Uyrandêi de Medeiros Lemos (PPS)

Servidor de carreira da Secretaria da Fazenda e ex-vereador de Olinda, João Luiz é formado em direito e pós-graduado em gestão pública e administração de projetos sociais. Em 2014, João Luiz foi candidato a deputado estadual e foi um dos mais votados de Olinda, com mais de sete mil votos. Na época, era filiado pelo PSB, onde militou por muitos anos.

Coligação
PPS

Ricardo Costa (PMDB)
vice: Antonio Cosmo “Tota” (PRP)

Empresário da comunicação gráfica desde 1978, foi eleito pela primeira vez como deputado estadual em 2010 pelo PTC. Atualmente é líder do PMDB na Assembleia. É membro titular da Comissão de Justiça da Casa. Costa já foi vice-presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) e fundou a Federação Nacional das Empresas de Propaganda Exterior.

Coligação
Inovar para Mudar
PMDB / PRP

Jesualdo Campos (PSol)
vice: Professor Jorginho (PCB)

É bacharel em Direito pela Unicap. Atuou como advogado de sindicatos de trabalhadores e fundou seu próprio escritório, o Campos & Delano Advogados Associados. Jesualdo participou ainda do movimento estudantil, chegando à presidência do DCE da Unicap. Em 2010, foi um dos coordenadores da campanha presidencial de Plínio de Arruda Sampaio.

Coligação
PSol e PCB

Gustavo Rosas (PV)
vice: Thiago Marinho (PV)

Médico concursado da Prefeitura de Olinda, ambientalista e militante há 12 anos do GreenPeace, grupo internacional de defesa do meio ambiente. Gustavo Rosas tem 39 anos é membro da Sociedade Brasileira de Bioética e está há três anos no Partido Verde. Já disputou a Prefeitura de Olinda uma vez, em 2008, pelo PRP.

Coligação
Partido Verde


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook