Últimas
Terceira audiência Sindspem-PMP (1)

Campanha Salarial 2016 – Terceira audiência entre SINDSPEM e Prefeitura de Penedo

Foi realizada nesta quarta-feira, 10 de agosto, a terceira audiência entre o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo – SINDSPEM e o Prefeito Március Beltrão para tratar da Campanha Salarial 2016.

 

Representando pela Presidente Ana Flávia Teixeira, o Secretário Geral Adenilson Oliveira dos Santos (Professor Deno) e o Diretor Administrativo José Carlos Ferreira, o sindicato cobrou posicionamento do governo em relação aos salários atrasados de 2012, o reajuste salarial para o funcionalismo municipal e o repasse da contribuição sindical.

 

O Prefeito Március Beltrão e os Secretários Municipais Marcos Beltrão (Finanças), Luciano Lucena (Educação) e Roberto Miranda (Comunicação) falaram em nome da administração que não alterou sua proposta de reajuste salarial. O governo propõe 1% parcelado em três vezes, o que significa pouco mais de oito reais para servidores que recebem salário mínimo.

 

“Eu prefiro nem avançar nesse tema aí, quanto a questão do reajuste, sem a gente ter uma garantia do que vai se arrecadar”, declarou o prefeito após criticar o governo federal por falta de planejamento e clareza no cálculo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

 

Sobre os salários atrasados de 2012, Március Beltrão primeiro questionou se o assunto estava na pauta, mas depois se prontificou em informar o valor atualizado do que resta a ser pago, débito que acredita estar “bem abaixo de 900 mil reais”. Ele disse ainda que pretende pagar os atrasados por faixa salarial, da menor para a maior.

 

Em relação aos professores, Beltrão disse que já havia determinado ao Secretário Luciano Lucena o enquadramento dos profissionais que estão sem receber piso nacional do magistério, o que ainda não ocorreu. Outros aspectos dos trabalhadores da pasta estão sendo discutidos diretamente entre o sindicato e a secretaria.

 

Questionado sobre a contribuição sindical devida ao SINDSPEM, o gestor disse que aguarda parecer da Procuradoria Geral do Município para fazer o repasse que será utilizado para saldar parte da dívida com os conveniados do ‘cartão SINDSPEM’, conforme informou a Presidente Ana Flávia Teixeira.

 

A medida já informada aos servidores em assembleia geral é mais uma ação da diretoria atual do sindicato que se empenha no resgate da credibilidade do SINDSPEM, ao tempo em que a luta pela manutenção e o respeito aos direitos do funcionalismo municipal.

 

Assessoria

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook