Candidata ao Miss Bumbum quer encontrar o pai com ajuda do concurso

Lais Cruz, representante do Sergipe, foi adotada aos 3 anos e pretende usar visibilidade para ir atrás do passado: ‘ Fico triste porque nem o nome dele sei’.

Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)

Mesmo depois de ver sua vida virar de cabeça para baixo ao entrar na disputa do Miss Bumbum 2016, Lais Cruz não se abate. Representante do estado do Sergipe, a cadidata, que perdeu o emprego, o noivo e de distanciou de alguns familiares, se envolve em mais um drama: encontrar o pai que nunca conheceu. 

Leia também: Candidatas a Miss Bumbum posam para o EGO e falam de preparação

Lais quer usar a visibilidade do concurso para realizar o sonho de menina. A ex-promotora de uma metarlúgica foi adotada por uma senhora aos 3 anos e só tem a agradecer pela oportunidade de crescer em um lar. Mas, Lais quer ter a oportunidade de conhecer o seu pai.

“Sou muito feliz, não poderia ser uma pessoa mais amada. Aquela desconhecida era a pessoa que Deus escolheu pra ser minha mãe! Mas, seria maravilhoso encontrar meu pai.  Não posso negar que sonho com isso. Fico triste que nem o nome dele sei. Quem sabe ele está por ai, e quando menos esperar vamos nos ver. Torço para que isso aconteça e que neste próximo domingo dia dos pais, assim como todos de minha vida em que esperei eu possa finalmente encontra-lo”, conta.

Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)
Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)Lais Cruz, Miss Bumbum Sergipe (Foto: Divulgação)

 


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook