Últimas

China in Goal: Por que os brasileiros são os mais valiosos da Chinese Super League?

Hulk, Alex Teixeira e Ramires são os jogadores mais valiosos do futebol chinês na atualidade. Muriqui, Elkeson e Ricardo Goulart já venceram premiação da Liga

Os brasileiros são os atletas mais valorizados da Chinese Super League (CSL). Desde 2004, a Chinese Football Association (AFC) elege o atleta mais valioso da competição. Três jogadores do país pentacampeão mundial já foram contemplados. Muriqui, em 2011, Elkeson, em 2014, e Ricardo Goulart, em 2015, foram os escolhidos.

Hoje, há 27 atletas da nação sul-americana disputando a elite chinesa. Geuvânio, Luís Fabiano e Jadson atuam pela Segunda Divisão. Mas por que o futebol brasileiro faz tanto sucesso na Ásia atualmente?

Joseph Lee, tailandês que reside no Brasil há 36 anos, é um dos responsáveis por levar jogadores à China. Ele, por exemplo, participou ativamente nas transações de Diego Tardelli, Ricardo Goulart e Renato Augusto. O agente explica por que os asiáticos buscam atletas do país.


(Foto: Getty Images)

“O futebol chinês, fisicamente, tem a ver com o brasileiro. Com esse físico, você quer jogar contra time europeu, você tem que ter técnica boa, ginga. Isso é o que o Brasil tem. O brasileiro é um povo mais aberto, mas fácil de aceitar esse ambiente novo. Eu sempre prefiro trabalhar com jogador brasileiro. Se um dia eu não encontrar alguém no Brasil, vou trabalhar com outro lado”, disse à TV Band.

A transação mais cara da história do país asiático é de um brasileiro. Hulk custou 48 milhões de euros (R$ 200 milhões à época) aos cofres do Shanghai SIPG. No top 5 dos atletas mais valiosos da CSL, os três primeiros são tupiniquins.

Hulk, do Shanghai SIPG, está avaliado em 32 milhões de euros. Ele é seguido por uma dupla do Jiangsu Suning. Alex Teixeira e Ramires valem 18 milhões de euros e 15 milhões de euros, respectivamente. A lista dos cinco jogadores mais valiosos é completa por Jackson Martínez (14 milhões de euros), do Guangzhou Evergrande, e Gervinho (12 milhões de euros), do Hebei Fortune.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook