Cinco coisas que podemos esperar do Brasil na estreia contra a África do Sul

Sob o comando de Rogério Micale, a Seleção Brasileira estreia nesta quinta-feira (4) no torneio de futebol

Ao lado da torcida, Seleção Brasileira começa nesta quinta-feira (4), diante da África do Sul, a caminhada pelo sonho de conquistar a primeira medalha de ouro da história do futebol brasileiro. 

 


APOIO DA TORCIDA NO MANÉ GARRINCHA


 

Apesar de ninguém ter esquecido a terrível derrota para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, a Seleção Olímpica desperta um interesse e um carinho do torcedor brasileiro que enxerga nesses meninos um futuro promissor para o nosso futebol. Por tanto, diferente do que vem acontecendo com a Seleção principal dificilmente esses meninos serão vaiados na estreia.

 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

 

 


FUTEBOL ALEGRE


 

O técnico Rogério Micale é admirador do futebol bonito, da clássica escola brasileira que valoriza o drible e a ofensividade. E diante de um adversário bem forte físicamente podemos esperar uma Seleção que troca passes e usa o talento para passar pelo adversário. 

 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 


ESTILO MODERNO


 

Se colocar em campo tudo aquilo que foi feito durante os treinos, a Seleção Brasileira jogará de forma moderna, com triangulâções, tabelas rápidas e um meio-campo bastante lúcido, que sabe marcar com inteligência e sair jogando com estilo. Sem a necessidade daquele “brucutu” no meio ou o atacante “poste”. Inclusive, a troca constante de posições durante a partida também será uma arma do time de Micale.

 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

 


GOLS


 

É o que realmente a torcida quer ver e com Gabigol, Gabriel Jesus e Neymar em campo é difícil imaginar que o Brasil não vai balançar as redes.O poderoso trio carrega sobre si a responsabilidade de fazer a bola ir pro fundo do gol. E depois do ensaio contra o Japão onde o Brasil criou muitas oportunidades principalmente no primeiro tempo é de se esperar que contra a África do Sul as oportunidades sejam traduzidas em gol.

 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

 


PERSONALIDADE


 

Por mais jovens que os jogadores sejam (o mais velho tem 28 anos), esse sem dúvidas é um elenco de personalidade, que sabe o que quer e o que fazer dentro de campo. Que erra e tenta de novo e que não tem medo de brigar pelo o que quer. Durante as entrevistas coletivas pudemos observar um grupo de cabeça feita, responsabilidade e muita personalidade apesar da pouca idade. Em caso de adversidades dificilmente o time se descontrolará.

 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

Escalação:  Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio, Douglas Santos; Thiago Maia, Renato Augusto, Felipe Anderson; Gabigol, Gabriel Jesus e Neymar. Técnico Rogério Micale.

 

No grupo A do torneio de futebol, o Brasil estreia na competição nesta quinta-feira (4) contra a África do Sul, em Brasília, às 16h00. Três dias depois, encara o Iraque no mesmo estádio e no dia 10, encerra a participação na primeira fase contra a Dinamarca, em Salvador.

 

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook