Últimas

Cinco Estrelas: A esperança no quarteto

“O Cruzeiro segue na zona de rebaixamento, mas mostra viés de alta e até motivos para o torcedor se empolgar”.



GOAL Por João Henrique Castro


Robinho, Arrascaeta, Rafael Sobis e Ramon Ábila. Escalados juntos na noite desta quinta-feira contra o Internacional, o quarteto ofensivo celeste encheu os olhos do torcedor azul e brilhou nos quatro gols da partida.

De Robinho para Rafael Sobis, de Arrascaeta para Ramon Ábila, de Robinho para Sobis de novo e Arrascaeta servindo o hat-trick de Sobis na segunda etapa. Assim foram construídos os lances que definiram a vitória cruzeirense que, mais do que dar um basta na má fase da equipe, sepultou também o mau momento da linha de frente cruzeirense.

A suspensão de Willian abriu espaço para esta formação, mas o Bigode será uma alternativa interessante para modificar a partida ou quando um dos vértices da linha de frente estiver ausente. O quarteto reserva, aliás, também é bem interessante: Alisson, Marcos Vinícius, Willian e Douglas Coutinho (ainda tem Élber e Rafael Nazário como opções) configuram peças de qualidade para reposição e o elenco celeste, enfim, começa a ganhar corpo.

Dos quatro destaques da partida desta quinta, no entanto, dois parecem ser fundamentais por oferecerem algo que ninguém no elenco consegue repor. Robinho e suas assistências e Ábila e seu desempenho entre os zagueiros adversários. A ausência de um ou outro, hoje, seria mais grave do que a de Sobis ou a de Arrascaeta. Mas se a equipe seguir em evolução, funcionará também com outras alternativas.

Ábila vai ganhando espaço (Foto: Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro)

O torcedor cruzeirense, portanto, volta a ter motivos para ser otimista. Ainda no meio-campo, Bruno Ramires teve boa atuação, mas não é tido como a melhor opção para a grande maioria da torcida. No entanto, Denílson, Henrique e Lucas Romero não estavam à disposição e vão qualificar ainda mais o setor.

O Cruzeiro segue na zona de rebaixamento, mas mostra viés de alta e até motivos para o torcedor se empolgar. Especialmente após a bela apresentação do ataque cruzeirense. Permitindo, inclusive, pensar em um bom resultado contra o Corinthians na próxima rodada.

No Brasileirão, porém, ao menos por um tempo o foco será em se afastar do Z-4. O voo mais alto mais acessível será na Copa do Brasil. Falta pouco menos de um mês para o confronto contra o Botafogo pelas oitavas-de-final. Tempo para o time seguir evoluindo, melhorar na classificação e ficar em boas condições de batalhar pelo penta no mata-mata nacional.  


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Gringos dão show | Cruzeiro 4 x 2 Inter | Os golaços da rodada



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook