Últimas

Cinco motivos para acreditar na Seleção Olímpica

Nesta quarta-feira(17), o Brasil encara Honduras no penúltimo ato pela tão sonhada medalha de ouro

Daqui a pouco a Seleção Brasileira entra em campo para enfrentar a seleção de Honduras pela semifinal do torneio de futebol da Olimpíada do Rio de Janeiro. 

 


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Barça tem muito a celebrar | Seleção: as semifinais olímpicas | Claudio Bravo rumo a Manchester


Para quem no início duvidava da capacidade dos nossos jovens talentos listamos cinco motivos para acreditar que o tão sonhado ouro olímpico é possível

 


VOLTA POR CIMA


 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

Depois de um início complicado contra África do Sul e Iraque, os comandados do técnico Rogério Micale deram a volta por cima, quando muitos desconfiavam derrotaram a Dinamarca e conquistaram a vaga na nas quartas de final renovando as esperanças. 

 


DEFESA IMBATÍVEL


 


(Foto: Getty Images)

 

Com a dupla de zaga formada por Rodrigo Caio e Marquinhos o Brasil ainda não sofreu gols na competição. Foram 4 jogos e nenhuma bola na rede contra o patrimônio brasileiro. O goleiro Weverton também não teve maiores problemas e apareceu poucas vezes graças as boas atuações dos zagueiros.

 


O QUARTETO DEU CERTO


 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

Inicialmente o Brasil jogaria com 3 atacantes, mas durante os treinos na Granja Comary Micale treinou a possibilidade de atuar com 4. Quando as coisas se complicaram o treinador, imediatamente adicionou Luan ao trio ofensivo formado por Neymar, Gabigol e Gabriel Jesus. O resultado foram gols e boas atuações. O Braisl seguuiu sem sofrer gols, uma resposta para quem tinha medo dos reflexos que isso causaria ao sistema defensivo.

 


NEYMAR PRO TIME


 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

O início não foi nada animador para Neymar que nos dois primeiros jogos foi criticado tanto pelo excesso de individualidade quanto pelas fracas atuações. Mas as críticas surtiram efeito e o camisa 10 começou a jogar para o time. Com bons passes, trocas de possições e consciência tática o jogador apresentou uma grande melhora o que também refletiu na melhora da equipe.

 


CONCENTRAÇÃO ALTA


 


(Foto: Lucas Figueiredo / MoWa Press)

 

O nível de concentração da Seleção Brasileira tem sido muito bom. Principalmente a respeito dos atletas. A última Olimpíada ficou marcada pela quantidade de negociações no período em que os jogadores estavam disputando a competição, chegou a ser discutido o quanto isso podia atrapalhar os jogadores. Este ano as coisas tem sido diferentes, apenas Gabriel Jesus foi negociado até agora e os burburinhos sobre as transferências dos atletas diminuiram. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook