Últimas

Corinthians 2 x 1 Vitória: De virada, Timão vence em Itaquera e volta ao G-4

De volta à equipe, Marlone marca o gol da vitória e time faz as pazes com a Fiel

Não foi nada fácil, mas o Corinthians venceu, de virada, o Vitória, por 2 a 1, em Itaquera, na noite desta segunda-feira, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Yago, contra, fez para os visitantes, enquanto Marlone e Marquinhos Gabriel fizeram os gols do Alvinegro no segundo tempo.

Com o resultado, o Corinthians sobe para a terceira colocação do Brasileirão, com 37 pontos. Já o Vitória permanece em 17º, com 23 pontos. Na próxima rodada, o Timão visita a Ponte Preta, enquanto o Leão recebe o América-MG.

O jogo


(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Cristóvão: “Vaias foram exageradas” | Mancini critica arbitragem | Mais BRASILEIRÃO


O Corinthians comandou boa parte da etapa inicial, mantendo a posse de bola e tentando atuar com troca de passes rápidos e passagens em velocidade ao ataque. Já o Vitória, procurou se defendeu, mas também não deixou de atacar, deixando o jogo completamente aberto em Itaquera.

O Timão conseguiu criar boas alternativas no ataque, em chutes de Fagner e Uendel, e principalmente com Rodriguinho, que acertou a trave. Só que do outro lado o Leão mostrou poder de reação e também assustou, principalmente em cobrança de falta de Vander, que passou perto. Na marca dos 43, Marinho escapou pela esquerda e cruzou rasteiro. Yago se jogou para afastar, e acabou mandando contra a própria meta.

Com Marlone no lugar de Romero, o Corinthians jogou melhor no segundo tempo. E foi dos pés de Marlone que saiu o empate, em um chutaço no ângulo, aos 6. O Vitória teve chance de voltar a frente no lance seguinte, mas Vander desperdiçou. Na marca dos 26, Marlone, que mudou o jogo para os mandantes, abriu para Uendel, que cruzou e Marquinhos Gabriel, de barriga, fez o da virada. Até o fim, o Leão tentou empatar, mas o Timão se fechou bem e garantiu a vitória que o levou de volta ao G-4.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook