Últimas

Creches populares é o carro-chefe do programa de governo de Priscila Krause

A candidata do DEM à Prefeitura do Recife, Priscila Krause, lançou, na noite desta quinta-feira (25), no Clube Internacional, seu programa de governo. O programa tem sete eixos temáticos e tem como carro-chefe a Casa Mãe, cuja proposta é a instalação de creches em casas de comunidades na capital. O Casa Mãe é inspirado na gestão do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB). O lançamento do programa foi o primeiro grande ato da campanha democrata e contou com as presenças do ex-governadores Roberto Magalhães e Gustavo Krause, pai da candidata.

“Se eu fosse escolher um ponto forte do programa de governo, eu escolheria a Casa Mãe. Não sei se por minha condição de mãe, minha condição de mulher, mas o projeto é de creches nas casas nas comunidades para que a gente possa ter um baixo custo de investimento, para que a gente possa colocar esse dinheiro no custeio dessas creches e fazer o máximo de creches que a gente possa fazer em quatro anos”, disse a candidata ao Diario.

O projeto tem como inspiração a experiência adotada pela Prefeitura de Petrolina, na gestão do atual prefeito Julio Lossio (PMDB). De acordo com Priscila, em oito anos, Petrolina saiu de 2 mil para 8 mil creches. A candidata não falou em unidades que poderão ser construídas, mas enfatizou que a proposta é viável pelo custo: ao contrário do modelo atual de creches adotado pela Prefeitura do Recife, que Priscila considera bom mas oneroso, as creches seriam instaladas em casas alugadas nas comunidades. Ou seja, não precisaria de uma grande estrutura.

“Não vamos dizer o quantitativo, até porque as pessoas estão ressabiadas em relação a isso. Com essa possibilidade, com o custo de cada uma, a gente vai fazer muito mais do que se fez. O Recife tem hoje menos de cinco mil crianças dentro da rede pública de creches”, declarou.

O pai da candidata, o ex-governador Gustavo Krause, e o ex-secretário de Planejamento Paulo Roberto coordenaram o programa de governo. “Mas tudo foi acompanhado de perto por ela, com a intuição dela. Esse documento é uma caminhada contínua porque vamos ouvir a população durante a campanha, ouvindo as sugestões”, justificou Gustavo Krause. O ministro da Educação, Mendonça Filho, não compareceu ao evento, porém, auxiliares dele marcaram presença. Segundo Priscila, os dois devem se reunir nos próximos dias para definir a agenda conjunta de rua.

Confira alguns pontos do programa de governo

1. Gestão
Lei Monitora Recife

Transformar a plataforma Monitora Recife em um instrumento legal de prestação de contas e avaliação permanente do desempenho da gestão
Comitê de Avaliação de Gastos
Acompanhar os gastos públicos, em parceria com a Controladoria Geral do Município, buscando o uso eficiente e econômico dos recursos públicos

2. Planejamento Urbano
Agência de Desenvolvimento do Bairro do Recife
Atuar no desenvolvimento de negócios, no incentivo à revitalização urbana e no licenciamento de atividades, principalmente as de inovação e tecnologia digital
Centralidades
Promover o desenvolvimento dos centros e bairros, a exemplo da Encruzilhada, de Afogados, da Várzea, de Casa Amarela e de Beberibe

3. Mobilidade
Transporte de Massa

Implantar faixas exclusivas, eletronicamente fiscalizadas, nos corredores de todo o Recife, incorporando seu uso para o transporte escolar
Mobilidade dos Pedestres
Implantar corredores de pedestres nas principais vias de circulação da cidade. Requalificar e padronizar as calçadas dos corredores de transporte de massa, terminais de integração e grandes hospitais
Mobilidade dos ciclistas
Estabelecer um cronograma de ações municipais segundo o Plano Diretor Cicloviário da Região Metropolitana do Recife, priorizando os corredores de transporte de massa e o desenvolvendo rotas alternativas aos ciclistas

4. Meio Ambiente
Rede Parque
Implantar a Rede de Parques Urbanos, buscando a proteção dos ambientes naturais, o uso mais frequente pela população e a sua sustentabilidade
Abraçar o Capibaribe
Adotar o Rio Capibaribe, cuidando de suas margens, evitando o despejo de esgoto e lixo urbano, incorporando sua navegabilidade e mobilizando a população ao seu redor
Energia solar
Estabelecer mecanismos de incentivo fiscal ao setor privado na implantação de captação de energia solar nos telhados das edificações existentes e a serem construídas


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook