Últimas

Daniel Alves reclama de críticas da imprensa e dá indireta para Galvão

Lateral da Juventus destacou que jogadores têm direito de não falar com jornalistas, como fez Neymar

Convocado por Tite para voltar à Seleção Brasileira, Daniel Alves está longe de ser uma unanimidade no Brasil. Apesar de sua experiência, muitas vezes ele é questionado por torcedores e pela imprensa. Ao comentar sobre as críticas que recebe, o lateral da Juventus reclamou e até deu uma alfinetada em Galvão Bueno.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Neymar fica no Brasil | Atos de ira de Neymar | Jesus e a ausência de goleadores


Em entrevista ao Sportv, Daniel detalhou quais críticas o incomodam: “não é que o jogador seja insensível com relação às críticas que vem da imprensa e dos torcedores. A mim, o que me incomoda e que me molesta por trás das críticas não é o fato de que o resultado não tá sendo o esperado, nem por nós, nem por eles. Mas sim a dúvida de que realmente estamos comprometidos com a causa, se realmente merecemos estar dentro da seleção brasileira, representando o país”.

Ao falar sobre isso, logo ele partiu para criticar as posturas de alguns jornalistas: “a imprensa ou certos comentaristas levam um pouco mais além do que é a parte futebolística. Isso é o que incomoda, que cria essa sensibilidade do jogador para com a imprensa e às vezes faz com que tenha um pouco de desavenças”.


Neymar e Daniel Alves são “parças” da época do Barcelona (Foto: Getty Images)

Durante a Olimpíada, chamou atenção uma crítica de Galvão Bueno a Neymar, depois que o atacante não quis dar entrevistas pós-jogo para a Rede Globo. O narrador usou isso para criticá-lo duramente, o que gerou repercussão até o fim dos Jogos. E Daniel Alves discordou da postura do narrador, mas sem citá-lo diretamente.

“Você é obrigado a passar ali, mas não é obrigado a parar, dar explicação pra ninguém. O respeito dos jogadores para com a imprensa é a partir desse momento. Se a gente para para explicar, debater, é um respeito, porque vocês estão ali fazendo o trabalho de vocês, e nós estamos fazendo o nosso, pensando que o resultado vai ser sempre obtido”, observou Daniel.

O lateral da Juventus também ressaltou que não joga futebol para aparecer e afirmou que sabe quando merece ser criticado: “estamos no futebol para aparecer e nos vangloriarmos de estar na seleção. A gente sabe quando joga bem e quando não, quando apresentamos um grande trabalho. Somos os primeiros críticos. Eu sou crítico do mal, quando não faço um trabalho final bem, sou um dos primeiros críticos, porque passo toda semana trabalhando, ralando, para ter o resultado final”.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook