Últimas

Dono do quarto pior ataque, São Paulo precisa acertar pontaria para subir na tabela

Com falhas no setor ofensivo, time do Morumbi caiu para a 12ª segunda posição; Ricardo Gomes testa mudanças na formação titular

Em poucos meses, o São Paulo passou por altos e baixos: em 2016, o time do Morumbi teve um fraco desempenho na fase de grupos da Libertadores e chegou desacreditado no mata-mata, mas surpreendeu e avançou até a semifinal, onde acabou eliminado pelo Nacional de Medellín.

Apesar da eliminação, as atuações do Tricolor na competição empolgaram a torcida. Além disso, a expectativa era que, quando voltasse as suas atenções para o Campeonato Brasileiro, o clube brigasse pelas primeiras posições. No entanto, o São Paulo está longe do topo.

 Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação

Números do São Paulo no Brasileirão 2016:

Com 26 pontos em 20 jogos, o Tricolor ocupa a 12ª colocação da tabela. Ao todo, foram sete vitórias, cinco empates e oito derrotas, além de 21 gols marcados e 21 sofridos. Os números do São Paulo na defesa não são dos piores. Por outro lado, o ataque está deixando a desejar, e já é o quarto pior do Brasileirão ficando à frente apenas de América-MG (12 gols), Figueirense (16 gols) e Atlético-PR (20 gols), e empatado com o Internacional (21).

Nas últimas rodadas, a equipe até criou algumas chances de gols, mas pecou na hora de finalizar. Os zagueiros acreditam que os problemas ofensivos também prejudicam outros setores, apesar de não apontar culpados.

“Não podemos deixar uma equipe que teve um ou duas chances claras fazer um gol no fim. A gente se expõe, tenta e não consegue marcar, agora é trabalhar”, disse Maicon após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo. 

 Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação

“Muitos falam que é culpa da zaga, mas não é. É a equipe toda. No jogo todo de domingo, só deu São Paulo, posse, finalização, mas o Botafogo também teve mérito, fez a jogada pela esquerda, conseguiu o gol. Mas isso já passou, sempre vai ter algo a melhorar, então vamos pensar no próximo jogo”, analisou o defensor Lyanco.

No seu primeiro jogo no comando da equipe, Ricardo Gomes deve fazer algumas mudanças na equipe titular que irá a campo contra o Internacional no Beira Rio no domingo (21). Nesta quinta-feira (18), o clube confirmou que o treinador testou três alterações nos treinos, mas não divulgou quais seriam.

Para voltar a brigar pelas primeiras posições, o São Paulo precisa se reorganizar em campo, e principalmente balançar as redes com mais frequência. Ricardo Gomes, que pediu um mês para colocar o time nos trilhos, terá muito trabalho.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook