Últimas

E-mail de brasileiro preso por ligação com Estado Islâmico é divulgado

E-mail de brasileiro preso por ligação com Estado Islâmico é divulgado

Leonid El Kadre de Melo

Uma reportagem exibida pelo programa Fantástico deste domingo (14) mostrou com exclusividade um e-mail trocado por um dos brasileiros presos por ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico.

Cerca de dez homens foram presos no mês de julho pela “Operação Hashtag” da Polícia Federal suspeitos de terem ligação com o terrorismo. As autoridades acreditam que o grupo se planejava para atacar durante as Olimpíadas.

O e-mail mostrado é uma das principais provas de que o grupo estava interessado em agir como soldados do EI no Brasil, pois falava em treinar para o combate, contrabandear armas e assaltar bancos.

A mensagem divulgada pelo programa da Rede Globo foi escrita por Leonid El Krade de Melo que se converteu ao islamismo quando estava preso, isso em 2006, quando cumpria pena de 19 anos por roubo, assassinato e participação em associação criminosa.

A reportagem afirma que ele deixou a cadeia em 2009 e foi se tornando cada vez mais fanático pela religião até que em fevereiro deste ano ele enviou este e-mail para um grupo convocando-os muçulmanos brasileiros para lutar pela religião.

“Formemos um grupo com as seguintes intenções: nos preparar física, intelectual e espiritualmente para o combate”, escreve o acusado. “Treinaremos artes marciais e manuseio de armas de pequeno e médio porte, assim como artilharia pesada, formando assim combatentes preparados”.

Com este e-mail as autoridades chegaram aos nomes de 12 pessoas que juraram lealdade os terroristas do EI. A acusação desses homens, incluindo um adolescente e mais outros dois que foram presos na semana passada, é de “atos preparatórios para o terrorismo e promover organização terrorista”.

A ideia de Leonilde, como o programa destacou através do e-mail, era levar o grupo para treinar em um sítio na fronteira com a Bolívia onde também poderiam comprar equipamentos.

O acusado tinha intenção de “saquear” para conseguir financiar as atividades do grupo, incluindo roubar instituições financeiras. O jornalista Álvaro Pereira Júnior, que produziu a reportagem exclusiva, acredita que a intenção era assaltar bancos.

Mas no e-mail, não há detalhes de ataques no Brasil, mas sim de se juntarem ao califado no Oriente Médio.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook