Editorial: o Diario mais forte nos fins de semana

A partir deste fim de semana, o Diario de Pernambuco passa a oferecer aos seus leitores uma nova tendência do jornalismo com um produto diferenciado. Além da tradicional edição com os fatos mais importantes da sexta-feira (no primeiro caderno), o jornal mais antigo em circulação da América Latina incorporará mais quatro cadernos que formarão uma “revista especial” com conteúdo exclusivo. No conjunto, contando ainda com os classificados, trata-se de uma superedição do fim de semana, em alta nos mercados brasileiro e mundial. O jornal do domingo chegando mais cedo, mais completo, unificado com o do sábado. Uma tendência dos grandes jornais do mundo, como Financial Times, The Australian, o canadense La Press,  Wall Street Journal e Washington Post.

Além dessas experiências bem-sucedidas no exterior, no Brasil os jornais Zero Hora (RS), Gazeta do Povo (RS), Gazeta do Povo (PR), Diário Catarinense (SC), O Valor, O Estado (MA), Gazeta de Alagoas (AL) e o Diário do Nordeste (CE) já substituíram suas edições de sábado e domingo por uma edição única, de fim de semana, com material pensado para ser consumido ao longo dos dias. Trata-se de novo posicionamento do jornalismo impresso em tempos de internet: o de ser veículo de análise e interpretação, com matérias mais profundas e elaboradas

Os jornais citados não deixaram de manter os seus leitores bem informados  a respeito dos acontecimentos do sábado, inclusive com os resultados do futebol. Já na manhã do domingo, uma  versão online é disponibilizada para complementar a edição em papel. O mesmo ocorrerá com o Diario.

Nossas edições de fim de semana estão fundamentadas em três características: informação, serviço e entretenimento. Todas permeadas pela boa, séria e profunda análise dos fatos narrados. O leitor receberá mais cedo tudo o que é essencial para começar uma nova semana mais preparado e informado. O que é relevante chegará antes dos outros. O leitor passará mais tempo com a sua edição do Diario. O anunciante terá mais tempo de exposição para sua publicidade.  

Ao invés de batizar os novos cadernos, preferimos apenas numerá-los. Neles, o leitor encontrará textos das nossas diversas editorias, em páginas pensadas para dar prazer de leitura. Além disso, novas seções foram criadas, como moda, religião, turismo, educação e saúde. Como ocorre há 190 anos, o que é relevante em Pernambuco, no Brasil e no mundo passa pelas páginas do Diario. O Diario está cada vez mais sintonizado com as mudanças e inovações tecnológicas. Na vanguarda, atualiza a cada dia o seu projeto editorial, sempre integrando as versões impressas e as digitais. Boa leitura.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook